fbpx

Investimento ou despesa: como pensam os CIOs a respeito das ferramentas de monitoração?

Infelizmente, a maioria deles pensa antes de algum desastre que são despesas e depois que é investimento.

Por mais que os números dos fabricantes apontem para as vantagens e economias que um sistema de gerenciamento de falhas traz, ainda é muito comum ouvir dos responsáveis pela tecnologia que as estatísticas são apenas conversa de vendedor, afinal eles estão há tantos anos na empresa e nunca aconteceu nada e não seria agora que iria acontecer.

O melhor momento para abordar um CIO é logo após um incidente de grande impacto, ele está vulnerável porque o nível de cobrança da alta administração está alto, e necessita urgentemente apresentar uma solução que os tranquilize garantindo que não ocorram novos desastres.

Equivocadamente os vendedores apresentam apenas um switch de ferramentas e fazem o CIO acreditar que será a solução de todos os seus problemas. O anseio em cumprir a meta de vendas é, muitas vezes, maior que a racionalidade em apresentar uma solução adequada e em pouco tempo, o que era o alcance das metas de venda para um e a solução de todos os problemas para outro, mostra-se uma enorme dor de cabeça para ambos.

Poucos meses depois da implantação das ferramentas, relatórios periódicos da saúde do ambiente são apresentados para a diretoria, como além das ferramentas nenhum processo foi implantado e nenhum técnico foi devidamente treinado, questionamentos sobre a necessidade de pagar tanto dinheiro por um monte de relatórios começam a acontecer.

Justificativas para fazer investimentos com mais sinergia ao negócio da empresa ganham força, em pouco tempo a diretoria decide por cortar o contrato com o fornecedor do sistema de gerenciamento de falhas.

O ciclo de ocorrência de um problema, contratação de ferramenta e corte de contrato depois de um período de calmaria, só termina quando a decisão da aquisição da ferramenta de gestão de ambiente não for realizada na emoção do caos nem com a necessidade de bater metas de venda.

Todos precisam entender que apenas uma ferramenta não soluciona o problema da empresa e uma venda sem sustentação não garante a próxima venda.

Para que o ambiente seja realmente suportado é mandatório a implantação de processos de governança de TI, contratação, especialização e treinamento de um time técnico de profissionais que garantirá o bom funcionamento de todos os ambientes.

Certamente depois de tudo implantado e funcionando, não serão apenas relatórios a serem apresentados na próxima reunião de diretoria, e muito menos, haverá alguém questionando que o investimento em gestão do ambiente não tem sinergia com o core business da corporação.

ContatoPowered by Rock Convert

Deixe um comentário