O que é e como aplicar a gestão de desempenho em TI?

Gestores de TI realmente empenhados em potencializar os resultados de sua equipe não podem deixar de aplicar a gestão de desempenho. Cada vez mais, é importante trabalhar a otimização de produtividade e qualidade nos serviços de TI, pois a dinâmica dos negócios — e a urgência que ela traz — se mostra cada dia mais acelerada.

Neste artigo, além de entendermos o que é a gestão de desempenho, vamos conhecer as principais vantagens de aplicá-la na equipe de TI. Acompanhe!

O que é gestão de desempenho?

Gestão de desempenho é um conceito que contempla feedback, prestação de contas e documentação sobre resultados de desempenho. Ela ajuda os colaboradores a canalizar seus talentos para os objetivos organizacionais ao mesmo tempo que se torna um auxílio estratégico aos gestores.

Esta é uma explicação bastante simples, que sintetiza o assunto. Indo mais a fundo, podemos definir a gestão de desempenho como sinônimo de gestão por objetivos. Por meio de um conjunto de processos, é possível estabelecer uma compreensão compartilhada dos objetivos do negócio e também a valorização dos colaboradores.

Ao desenvolver um programa de gestão de desempenho, as empresas estão trazendo luz sobre a importância da produtividade de seus colaboradores, ao mesmo tempo que conseguem mensurar melhor a qualidade dos serviços que eles lhes prestam no dia a dia de suas operações.

Uma boa estratégia de gestão de desempenho contempla:

  • Definição clara das funções de cada profissional;
  • Fixação de objetivos individuais;
  • Apoio aos indivíduos seguido do acompanhamento de suas performances;
  • Análise contínua de desempenho;
  • Esforços de formação para atingir as competências necessárias;
  • Remuneração em função do desempenho;
  • Desenvolvimento profissional das pessoas.

Sob a ótica da gestão de pessoas, um programa de gestão de desempenho deixa claro a todos os profissionais da empresa o que esta espera deles, o quanto suas contribuições individuais são importantes no quadro geral e como seus desempenhos são valorizados.

Quais são as principais vantagens de aplicar gestão de desempenho em equipes de TI?

Também é importante pontuar que a gestão de desempenho pode ser aplicada tanto na organização como um todo quanto em departamentos específicos. Como nos últimos anos os departamentos de TI vêm experimentando maior envolvimento com os objetivos estratégicos do negócio, cada vez mais, esta abordagem tem sido aplicada.

A gestão de desempenho oferece diversos benefícios tanto para o gestor quanto para a equipe de TI. Entre os principais, destacam-se:

Engajamento com os objetivos

Todos os objetivos do negócio são mais bem partilhados com os colaboradores. E eles, por sua vez, entendem o quanto podem contribuir para que o que foi pensado no planejamento estratégico seja realizado. Assim, fica mais fácil estabelecer metas de redução de custos, melhorias de serviços e outras (e cobrar o alcance dessas metas).

Aumento da motivação dos colaboradores

Qualquer gestor de TI sabe que não é possível ter uma equipe de alta performance quando as pessoas estão desanimadas. Com a gestão de desempenho é possível fazer com que as pessoas tenham maior clareza das entregas que se espera que elas realizem. Também é possível tornar as recompensas (bônus, evolução salarial, promoções etc.) mais transparentes e meritocráticas. E isso tudo aumenta a motivação e o engajamento.

Valorização e retenção dos talentos

Se mão de obra qualificada sempre foi um desafio para os gestores de TI, com a gestão de desempenho é possível criar formas de valorizar e reter talentos. Assim, as pessoas que mais se esforçam e que entregam melhores resultados conseguem ser notadas dentro do grande grupo, são reconhecidas e tendem a permanecer na empresa.

Aumento de produtividade

Como a gestão de desempenho também contempla a melhoria nos processos e a definição de objetivos claros e atingíveis, as pessoas tendem a trabalhar mais focadas e, consequentemente, produzir mais e melhor.

Melhoria nas taxas de sucesso dos projetos

Os projetos de TI são cada vez mais numerosos e requerem execução rápida e assertiva. Ao implementar um bom programa de gestão de desempenho, é possível fazer com que a taxa de sucesso nos projetos aumente.

E isso é resultado de uma série de melhorias promovidas. Do ajuste de processos à premiação dos profissionais, passando por estímulo ao desenvolvimento e trabalho em equipe, tudo contribui para que os projetos sejam mais bem-sucedidos.

Melhorias na liderança

O líder de TI, por sua vez, ganha proximidade com a equipe, melhorias em suas táticas de mensuração de resultados, propriedade para negociar contratações com a diretoria da empresa, entre outros.

Como começar a aplicar gestão de desempenho em TI?

Veja agora algumas dicas para implementar a gestão de desempenho em uma equipe de TI:

1. Organize a casa: defina papéis e responsabilidades

Como um primeiro passo, faça um profundo diagnóstico da definição de papéis, tarefas e processos de cada colaborador do seu time. Tenha na ponta do lápis os cargos, suas descrições e respectivos salários.

2. Saiba o que medir: crie ou defina indicadores

Depois você precisa definir claramente quais são os indicadores de produtividade, qualidade de capacidade, entre outros. Alinhe estes indicadores com os indicadores estratégicos do negócio. Por exemplo, se a meta é aumentar em 15% as vendas no semestre, veja como a TI deverá contribuir com isso, quais são os colaboradores do seu time que estão diretamente ligados ao objetivo e defina indicadores para medir o desempenho deles.

3. Estabeleça acordos: chame seus liderados para uma conversa

Em seguida, chame os profissionais individualmente para explanar quais são os objetivos que eles deverão cumprir. Mostre os indicadores, explique a importância deles e estabeleça prazos para os feedbacks. Por fim, chame todo o time e mostre os objetivos e indicadores do grupo; faça com que todos entendam o quanto o trabalho em equipe é importante.

4. Monitore: faça o acompanhamento do desempenho

Use um software especialista em gestão de desempenho para fazer o acompanhamento diário, semanal e mensal dos indicadores de desempenho. Verifique periodicamente o comportamento dos seus colaboradores (seus progressos, êxitos, limitações e insucessos) e esteja sempre pronto para fornecer feedback e orientar melhorias.

5. Recompense: dê recompensas aos profissionais que se destacarem

Seu programa de gestão de desempenho também deve contemplar algum tipo de recompensa aos profissionais mais bem avaliados. E essas recompensas podem ser reais (bônus, aumento salarial, por exemplo) ou simbólicas (reconhecimento público, menções honrosas).

Você já aplica gestão de desempenho em sua equipe? Veja agora 8 dicas para melhorar a produtividade da equipe de TI!

2017-06-02T18:16:39+00:000 Comments

Leave A Comment