fbpx

Como implementar o continuous integration?

O continuous integration tem como missão garantir um alto padrão de qualidade para empresas que necessitam desenvolver, ou alterar, uma grande quantidade de sistemas com periodicidade.

Como o próprio nome traduz, a essência do serviço trata-se de uma integração continuada. Dessa maneira, o investimento na sua implantação só se justifica em corporações que utilizam todos os processos de desenvolvimento de sistemas com periodicidade.

O primeiro passo para as empresas que desejam implantá-las é a definição de uma arquitetura de sistemas. Ela irá nortear o desenvolvimento de todos os sistemas da corporação, pois é impossível implementar o continuous integration sem a definição de uma arquitetura, seus processos e, principalmente, um grupo de profissionais que serão seus guardiões.

Estabelecer os processos que compõe os testes de infraestrutura, como e por quem serão realizados os testes funcionais, e de que maneira será realizado o deploy, são os próximos passos.

Quanto maior a empresa, maior o número de envolvidos. Em consequência disso, torna-se impossível controlar todos os processos e todos os envolvidos, sem uma ferramenta que gerencie desde o desenvolvimento dos sistemas, gerando e acompanhando o versionamento, até o deploy.

A ferramenta deve realizar o controle das versões, definir e automatizar os testes de infraestrutura que podem, ou ser automáticos, ou ter supervisão humana, realizados imediatamente após uma nova versão disponibilizada.

O workflow responsável pelo acompanhamento de todo processo, e após verificar o término e validação dos testes de infraestrutura, encaminha para o responsável pelos testes funcionais a tarefa de verificação e homologação do funcionamento dos requisitos. Uma vez validado será disponibilizado para ser promovido para a produção.

É evidente que não é o primeiro sistema desenvolvido com o continuous integration que irá definir os melhores processos e as melhores configurações para a ferramenta. A prática na execução de todo processo é o melhor caminho para garantir o alcance da excelência no desenvolvimento e na manutenção dos sistemas.

É fundamental atentar que a implantação do continuous integration só terá sucesso com a prática da utilização. Quanto mais se utiliza o modelo, seus sistemas e processos, mais se aperfeiçoa seu funcionamento e, consequentemente, o nível dos resultados alcançados.

Portanto, se a sua empresa tem uma demanda suficiente para gerar desenvolvimento e promoções para a produção com grande periodicidade, o continuous integration com certeza é uma excelente solução para os seus problemas de prazo, custos e principalmente qualidade.

ContatoPowered by Rock Convert

Deixe um comentário