Como reduzir rotatividade da equipe de TI na sua empresa

Reduzir rotatividade da equipe de TI é um objetivo que muitas empresas vêm buscando para eliminar os custos e o tempo perdido com os processos de contratação, treinamento e adequação dos novos profissionais aos cargos. Reter talentos na empresa pode ser bem mais barato do que contratar novos colaboradores, mas não significa que seja fácil.

Existe uma série de fatores que precisa ser avaliada no ambiente de trabalho. Não só os profissionais devem se adequar a ele, mas a empresa também precisa se esforçar para se adequar aos profissionais. Afinal, estamos lidando com seres humanos repletos de emoções, necessidades e desejos pessoais e profissionais.

Quer garantir a permanência dos melhores profissionais na sua equipe de TI? Então, siga agora os 9 passos que listamos a seguir!

Ofereça salários e benefícios de acordo com o mercado

Uma das primeiras coisas que você deve fazer para reduzir a rotatividade da equipe de TI na sua empresa é verificar se os salários e os benefícios que oferece são compatíveis com os cargos e os níveis de cada profissional. Para descobrir isso, faça uma pesquisa de campo e, também, on-line.

Salários e benefícios não são os principais fatores de motivação para um profissional permanecer na empresa, mas, se não forem pagos adequadamente, os colaboradores se sentirão desvalorizados e buscarão melhores oportunidades no mercado.

Envolva os profissionais nas grandes decisões

Envolver os profissionais de TI em decisões gerenciais faz com que eles se sintam integralmente inseridos no negócio e comecem a assumir responsabilidades pelos seus resultados. Saber que faz parte de um plano maior dá sentido a vida do profissional. Ele se sente importante para o negócio e começa a pensar como gestor, buscando ideias e soluções para melhorá-lo.

Mas, para conseguir isso, será necessário mudar a atitude dos gestores no departamento, passando a incluir os profissionais nas discussões sobre visão, missão e valores da empresa, bem como no planejamento e no estabelecimento de metas, processos e tecnologias no setor. Com essa estratégia, você aumentará o engajamento dos profissionais com a empresa e o índice de rotatividade deve cair consideravelmente.

Tenha horários e locais de trabalho flexíveis

Permitir que os profissionais equilibrem o trabalho com a vida pessoal é fundamental. Aliás, esse é um dos pilares de sustentação da motivação intrínseca nos colaboradores. Como seres humanos, todos temos compromissos além do trabalho e o fato de poder atendê-los sem se preocupar em perder o emprego deixará os profissionais felizes com a empresa.

Hoje, isso não é difícil de fazer. Graças às tecnologias de internet, você pode utilizar a nuvem para agregar mobilidade às tarefas e adotar o BYOD (Bring Your Own Device) para que os próprios dispositivos móveis dos profissionais sirvam como ferramenta de trabalho. Assim, as tarefas podem ser realizadas a distância, independentemente de horário e local.

Poucas empresas fazem isso no Brasil e, se a sua o fizer, será considerada moderna. Qual profissional não adoraria trabalhar em uma empresa onde parte de seu trabalho pode ser feito em casa com a família? Isso é flexibilidade.

Dê mais atenção às próximas contratações

Muitas empresas contratam profissionais que não estão totalmente alinhados ao cargo. Nesses casos, além de eles não corresponderem às expectativas em termos de resultados, perdem o encanto e deixam o trabalho.

Adotar estratégias mais específicas para os processos de recrutamento e seleção é uma forma de mudar esse cenário. Passe a contratar as pessoas com base em análises de currículos, testes de aptidões para o cargo em questão, avaliação comportamental, verificação de certificações, etc.

Cruze as informações do cargo com as dos candidatos para saber qual deles se alinha melhor às necessidades da vaga. Além disso, dê preferência aos profissionais que têm objetivos parecidos com os da empresa. Isso vai garantir o engajamento deles com o negócio e o aumento da satisfação em trabalhar no local.

Capacite a sua equipe de profissionais

Empresas que oferecem cursos, palestras e treinamentos teóricos e práticos demonstram interesse no desenvolvimento da carreira dos profissionais. Como consequência, eles ficam mais capacitados e geram resultados maiores e melhores, como forma de retribuição pelos investimentos realizados neles.

Essa estratégia é muito boa para reter profissionais no setor de TI, mas a capacitação deve ser continuada, considerando que as tecnologias e metodologias do setor avançam muito rapidamente.

Institua um plano de carreira

Se a sua empresa não oferecer um plano de carreira bem-definido, os profissionais não terão mais para onde crescer, perderão a motivação e abandonarão o negócio para encontrar outro emprego.

Um plano de carreira passa a mensagem de que eles podem crescer dentro da organização e se realizarem profissional e pessoalmente. Além de manter o interesse dos profissionais de TI com a empresa, eles devem se esforçar mais para evoluírem e entregarem melhores resultados, a fim de tentar uma promoção.

Reconheça e premie esforços

Outro pilar fundamental da motivação é o reconhecimento e a premiação pelos esforços empenhados. Mesmo que os resultados não sejam o esperado, o esforço para alcançá-los conta muito e precisa ser reconhecido.

Mas, quando resultados mais expressivos vêm como consequência desses esforços, além do reconhecimento, você precisa premiá-los. Faça isso sempre em público, como em reuniões, e fixe o reconhecimento em murais, site da empresa, etc. Isso dará orgulho ao profissional, que ficará feliz e ainda mais motivado com o trabalho.

Crie um ambiente agradável

O trabalho é a segunda casa dos profissionais. Por isso, tente tornar o ambiente produtivo tão agradável quanto possível. Deixe que compartilhem seus conhecimentos e experiências. Todos gostam de compartilhar o que sabem e o ato de ensinar os outros garante a aprendizagem própria. Assim, eles mesmos colaboram para o desenvolvimento contínuo da equipe.

Além disso, as pessoas precisam se sentir bem e à vontade no trabalho. O ambiente não precisa ser sério o tempo todo. Um pouco de descontração é normal e rir faz bem à saúde. Pequenas quebras de momentos tensos ajudam a aliviar a pressão no trabalho e melhoram a produtividade. Incentivar grandes amizades nesses ambientes será a chave para a retenção de talentos, já que os profissionais não vão querer se separar mais.

Transforme-se em um líder

A maioria das demissões é causada pelo relacionamento ruim com os chefes. Mas, quando você se torna um líder, soluções são discutidas pacificamente e democraticamente. Assim, você surpreende positivamente os profissionais.

Então, não seja um chefe, seja um líder. Demonstre respeito por seus profissionais em todos os momentos. Elogie em público e chame a atenção em particular. Ouça-os com atenção e use o seu lado humano para compreendê-los. Considere as ideias fornecidas por eles e nunca os ridicularize ou envergonhe. Valorize-os e terá seguidores.

Viu? Reduzir rotatividade da equipe de TI não é mais tão difícil quanto pensava no início. Basta seguir esses passos simples e eficientes. Que tal começar ainda hoje?

Gostou das dicas? Então, siga a gente agora mesmo no Facebook, no Twitter e no LinkedIn para descobrir muito mais!

2017-10-18T11:50:49+00:00 0 Comments