Finalizando a série de artigos sobre os principais conceitos do COBIT 5, apresentamos seu quinto e último princípio:

  • Separar Governança do Gerenciamento.

Este último princípio consiste na distinção entre a governança e o gerenciamento. Como discutido anteriormente, esta distinção alinha-se a norma ISO/IEC38500. No COBIT 5 é declarado pela primeira vez que os processos de governança de TI e de gerenciamento de TI referem-se a diferentes tipos de atividades.

Os processos de governança são organizados conforme o modelo EDM, proposto na ISO/IEC38500. Os processos de gerenciamento de TI asseguram que os objetivos da empresa sejam atingidos por meio da avaliação das necessidades das partes interessadas, definindo a direção através da priorização e tomada de decisão, e monitorando o desempenho, a conformidade e o progresso com relação aos planos.

Nas empresas, a governança de TI pode ser de responsabilidade do corpo de diretores ou algo equivalente. Baseado nestas atividades de governança, o gerenciamento de TI e negócio planeja, constrói, executa e monitora atividades alinhadas com a direção definida pelo corpo de governança para atingir os objetivos propostos.

Com isso, encerramos esta série de artigos. Esperamos que você tenha gostado.

  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte I
  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte II
  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte III
  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte IV
  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte V
  • Compreendendo os principais conceitos do COBIT 5 – Parte VI