fbpx

O que as ferramentas não fazem por você

Não há o que questionar: as ferramentas vieram para facilitar (e muito!) a nossa vida. Mas ao contrário do que parecem, as ferramentas nem sempre conseguem atingir o objetivo proposto, que é trazer agilidade e qualidade na gestão de serviços.

A falha pode ter dois vieses:

  1. O fornecedor que muitas vezes está mais preocupado com a quantidade de módulos que serão vendidos, do que com a real necessidade do cliente;
  2. O cliente pode não saber o que quer, e exigir que o fornecedor adivinhe e o satisfaça, entregando o que não é essencial para o negócio. Isso exige experiência do fornecedor em entender de fato, qual a necessidade ou recomendar soluções já aplicadas em outros clientes de um mesmo segmento de mercado, por exemplo.

Em um exemplo muito comum no ambiente de um Service Desk, questiona-se sobre como registrar tantas informações requeridas (de acordo com os critérios de qualidade) e mesmo assim garantir que isso seja feito em tempo de não afetar a meta de atendimento.

A questão talvez seja resolvida com a aquisição de uma ferramenta que automatize este processo. Mas antes disso seria interessante perguntar: “Porque estamos registrando todas essas informações?”.

Essa questão também tem algumas possíveis respostas:

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][fusion_checklist]

  • Porque está escrito na ITIL® que precisamos fazer isso? Não, a ITIL® não nos obriga a fazer tudo que descreve. Se você está registrando ou pretende registrar informações que não agregam em nada, pare agora mesmo. Isso pode inclusive influenciar um fornecedor de ferramentas a vender customizações adicionais, que geralmente saem muito caras para atender uma necessidade que pode nem fazer tanta diferença assim no resultado final.
  • Para quem acabou de adquirir uma ferramenta, a resposta poderia ser: “…nossa nova e ultra espetacular ferramenta exige que sejam preenchidos todos estes campos antes de direcionar para o grupo solucionador. E essa ferramenta está alinhada com as boas práticas da ITIL®”. Essa é uma das falhas mais comuns em projetos que envolvem implantação de processos e ferramentas. Conheço casos de projetos que extrapolaram a conclusão, justamente porque a ferramenta é demasiadamente complexa, causando impacto nos processos e na cultura da empresa.

[/fusion_checklist]

Esses cuidados se aplicam em qualquer contexto e não somente a um processo específico. O importante é lembrar que as ferramentas não devem governar os processos – é justamente o contrário!

 

Até a próxima![/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

ContatoPowered by Rock Convert

Deixe um comentário