fbpx

Os problemas com o deploy manual das aplicações

Para entender os problemas que ocorrem com um deploy manual, é necessário entender o que é um deploy. De maneira simples, é fazer com que uma aplicação seja instalada em um ambiente de produção, e essa esteja operacional e com todas as funcionalidades solicitadas pelo cliente.

Nem todos sabem, mas o calvário que as aplicações percorrem desde a sua conclusão no ambiente de desenvolvimento até o deploy em produção é longo. Depois de finalizada, a aplicação é instalada no ambiente de testes para validação do funcionamento estrutural de infraestrutura, lógica e identificação de erros de codificação.

Aprovada nos testes estruturais, inicia-se a validação dos testes funcionais para verificar se os requisitos solicitados pela área de negócio foram atendidos. Em seguida, no ambiente de homologação, que é uma cópia do ambiente de produção, é levada aos limites das funcionalidades para garantir que não haverá problemas quando for disponibilizada em produção.

Para que todas as fases sejam realizadas manualmente, é necessário o engajamento de um batalhão de profissionais das mais diversas áreas: infraestrutura, para configurar os servidores, roteadores e banco de dados; analistas de teste, para validar o funcionamento da lógica sistêmica; analistas de requisito e de negócio, para avaliar se a nova aplicação contém todos os requisitos solicitados, e não raro, a presença do cliente para a aprovação final. Somente depois de tudo testado e aprovado é que a aplicação está pronta para ser implantada no ambiente de produção.

A reunião de mudança, com participação de profissionais de todas as áreas, é a responsável por definir o melhor momento para a realização do deploy de produção, levando em conta os recursos humanos, tecnológicos e os custos envolvidos para essa atividade.

Não é necessário ser um expert em desenvolvimento de sistemas para perceber as diversas possibilidades de falhas existentes em um deploy manual e os altos custos com retrabalho.

Quem já sofreu e ainda vive em ambientes onde o deploy é realizado manualmente, sabe que problemas de configuração na infraestrutura dos ambientes, nos testes manuais incompletos ou executados de maneira errada e as homologações deficientes, podem ser resolvidos sem grandes prejuízos antes de serem promovidos para a produção. Mas depois de promovidos, suas consequências estão muito além do não atendimento dos requisitos dos clientes, elas paralisam frequentemente a operação da produção, gerando grandes prejuízos financeiros e institucionais para as empresas.

ContatoPowered by Rock Convert

Deixe um comentário