Ninguém discute que ter indicadores confiáveis para medir o desempenho da produção é fundamental para garantir o aumento da produtividade e, principalmente, entregar corretamente o que está sendo produzido. Para que isso aconteça, é necessário fazer um planejamento, tanto do que será produzido quanto de quais indicadores serão necessários para gerenciar a produção.

Um levantamento mostrou que 98% das empresas brasileiras apresentam problemas crônicos na execução de seus planejamentos. Muitas elaboram um bom planejamento, mas, com a pressa em executar e obter resultados, acabam cometendo erros. E os principais erros acontecem no monitoramento e controle da produção.

Para que se consiga implementar as ferramentas que fornecerão os indicadores corretos para a produção, é fundamental que, após a conclusão e aprovação do planejamento, haja a realização de treinamento com todos os envolvidos, assim, cada um saberá exatamente o que fazer e como fazer.

Pode parecer trivial, mas é fundamental o estabelecimento dos objetivos a serem alcançados com a apuração dos indicadores. Os objetivos têm como intuito, também, serem um medidor para a exigência da excelência individual, pois não é possível realizar quaisquer cobranças a quem quer que seja se não houver um alvo a ser atingido.

Sabendo onde se deseja chegar, fica mais fácil elaborar os indicadores de controle e desempenho, pois estes medirão o desempenho da equipe, bem como verificarão se o que foi planejado, foi executado, e se os objetivos determinados foram cumpridos.

A excelência na produção só será alcançada com a correta avaliação dos resultados, já que é na apuração destes que será possível saber como a produção está se comportando.

O resultado da implantação de um planejamento bem executado será conduzido por seus objetivos e monitorado pelos indicadores de controle e desempenho, que, por sua vez, serão analisados para que se criem ações para problemas que, porventura, possam surgir.

Para finalizar, a avaliação dos resultados dos produtos mostrará se todas as etapas planejadas, os treinamentos realizados, a estratégia traçada, a execução, os objetivos, os indicadores e a avaliação de desempenho foram executados com sucesso. E, sucesso, neste caso, entende-se como a entrega correta dos produtos e lucratividade para a empresa.