fbpx

Como é a carreira de TI para quem tem mais de 40?

Você já ouviu dizer que a carreira de TI é só para os mais jovens? Não se deixe enganar!

É claro que quem deseja atuar nesse segmento, certamente se interessa por tecnologia. Pelo fato do público jovem possuir grande contato e familiaridade com as ferramentas tecnológicas, é comum encontrá-los aos montes nesse mercado.

Mas vale lembrar que isso não impede que diversos profissionais acima dos 40 anos se mantenham atualizados sobre o assunto e ativos na profissão. Aliás, utilizar a faixa etária como um fator decisivo no recrutamento é proibido por lei.

No entanto, é comum ouvir relatos em que esse tipo de preconceito relativo à idade ainda ocorre, mesmo que de forma mais implícita. Esse retrato da realidade faz com que os veteranos da área se sintam desmotivados e um tanto confusos quanto à sua colocação no mercado.

Por isso, elaboramos esse post, onde explicaremos o interesse das empresas em contar com profissionais mais experientes e como o mercado de TI se posiciona diante disso. Também listamos algumas dicas para quem deseja se realocar nesse setor.

Continue lendo e esclareça todas as suas dúvidas!

As empresas e os profissionais acima dos 40 anos

A questão da idade no mercado de trabalho ainda é considerada um tabu. Passando por altos e baixos, a relação entre empresas e profissionais acima dos 40 anos é tida como favorável nos tempos atuais.

Não se pode negar que o fenômeno conhecido como “juniorização” ainda existe e não só na carreira de TI. Muitas empresas enxergam os funcionários que acabaram de iniciar sua carreira como sinônimo de maior produtividade e custos mais baixos.

Contudo, pessoas com 40 anos ou mais estão conquistando seu espaço no mercado. As organizações estão optando por esse público devido ao seu comprometimento, paciência e experiência.

Além disso, alguns fatores externos também contribuem para essa nova perspectiva. A expectativa de vida no Brasil está aumentando a cada ano, o que implica em um envelhecimento populacional.

Dessa forma, há uma inversão de perfil demográfico do país, com menos jovens e mais idosos. Portanto, de acordo com as previsões, uma pessoa com 40 anos está apenas na metade de sua vida.

O conjunto dessas novas tendências provocou, em 2017, a proposta de outra mudança de grande impacto: a Reforma da Previdência. Com isso, a população deverá se manter ativa no mercado de trabalho por mais tempo.

A bagagem das conquistas acumuladas ao longo do tempo torna os profissionais maduros mais interessantes ao mundo corporativo. Principalmente, para empresas que buscam reduzir seus índices de rotatividade e dispor de maior know-how na equipe.

Empresas de TI e os profissionais mais experientes

Até agora conhecemos o panorama do mercado de trabalho como um todo. Mas e na carreira de TI, será que é diferente? Como dito anteriormente, o mercado da tecnologia tem sim algumas particularidades.

De um modo geral, a indústria da tecnologia possui grandes índices de queixas relacionadas à discriminação etária. O principal motivo é a percepção errônea de que as habilidades dos profissionais mais velhos estão ultrapassadas.

No Vale do Silício, grande exemplo de pólo tecnológico nos Estados Unidos, existe uma certa restrição aos mais velhos. Isso acontece graças à forte cultura de startups, inovação e experimentação.

Mas não se preocupe! Esse tipo de preconceito não é um padrão do ramo de Tecnologia da Informação. Inclusive, existem empregadores que estão tomando um novo rumo e possuem preferência pela grande experiência dos profissionais com 40 anos ou mais.

O mercado de TI brasileiro tem apresentado um significativo crescimento anual e se destaca até mesmo no cenário mundial. Isto é, há uma alta demanda por pessoas qualificadas na área.

Um dos aspectos mais relevantes para esse segmento é a atualização. O conhecimento técnico na carreira de TI está se renovando constantemente, por isso é importante se manter conectado em todas as novidades. E isso é importante até mesmo para os recém-formados.

Sendo assim, independentemente da idade, se o indivíduo buscar se aprimorar e reciclar seus conhecimentos, seu potencial de contribuição é elevado. E as empresas não perderão a oportunidade de ter esse tipo de colaborador em sua equipe.

Dicas para facilitar a recolocação no mercado de trabalho

Aqueles que têm 40 anos ou mais e desejam manter ou renovar sua carreira de TI, precisam ficar atento a alguns pontos. Vamos conhecer alguns deles:

Currículo

Não é preciso citar todo o seu histórico profissional em detalhes no seu currículo. Preze pela objetividade. Para ser sucinto e bem-sucedido, faça um filtro e atualize as informações de acordo com as exigências mais relevantes no momento ou para a vaga específica.

Especializações

Vamos enfatizar novamente a importância da atualização. Há uma série de formas de conhecer as novas tendências e se moldar para lidar com elas da melhor forma. Palestras, workshops, cursos de pequena duração são ótimas opções.

Referências

Abuse de referências profissionais, a fim de destacar sua trajetória na carreira de TI. Essa é uma das melhores formas de sobressair entre os mais jovens e utilizar sua idade como vantagem.

Integração

Veja os mais jovens como colegas de profissão, e não como concorrentes. A integração pode proporcionar uma troca de conhecimentos e compartilhamento de interesses benéficos para ambas as partes.

Busca de vagas

Para encontrar boas oportunidades, é preciso saber como buscá-las. Existem grupos em redes sociais e sites destinados apenas a isso. Normalmente, profissionais mais maduros encontram grande disponibilidade de vagas para consultoria e gestão. Mas vale lembrar que os salários nem sempre são iguais aos dos antigos empregos.

Outras alternativas

No caso de dificuldades em se realocar no mercado, não desanime. Existem boas alternativas para continuar ativo na profissão. Desenvolver projetos de empreendedorismo exige maior investimento. Já trabalhar como freelancer é uma boa para aqueles que possuem uma vasta experiência no ramo.

Resumindo, para quem deseja se destacar na carreira de TI a principal regra é: atualize-se, visto que essa é uma área que conta com um contínuo e acelerado processo de mudanças. O profissional que utiliza a experiência e conhecimento a seu favor consegue superar quaisquer obstáculos que o mercado de trabalho ofereça. Ou seja, a idade só se torna um empecilho em casos restritos.

Esse artigo esclareceu suas dúvidas relativas à carreira de TI para profissionais acima dos 40? Aproveite para assinar a newsletter e receber atualizações sobre as novidades do nosso blog!

Um Comentário

  1. Ricardo 19 de agosto de 2017 em 21:16- Responder

    Parabéns pelo artigo. No momento em que discute-se uma reforma da previdencia, aumentando a idade para se aposentar, importante as empresas quebrarem seus tabus quanto a idade do profissional.

Deixar Um Comentário