fbpx

Confira a importância da auditoria em TI

Com a evolução das tecnologias, o setor de TI se tornou mais complexo e também estratégico. Diante disso, é necessário garantir uma gestão mais cuidadosa e completa, a fim de otimizar os processos e reduzir riscos. Nesse prisma, é interessante conhecer a importância da auditoria TI como uma maneira de garantir segurança, melhores operações e eficiência.

É o que discutiremos neste artigo. Se quiser aprender a fim de melhorar o desenvolvimento e o desempenho dos sistemas em sua companhia, acompanhe até o final.

Como funciona uma auditoria TI?

O setor de tecnologia é um organismo complexo, com suas próprias demandas. Deve ser gerenciado com atenção, pois seus processos são fundamentais para geração de valor para outras cadeias operacionais de uma empresa. Dentro de um contexto em que a TI bimodal se torna ainda mais relevante, trazendo foco para estabilidade e agilidade ao mesmo tempo, a auditoria é fundamental.

Funciona como um auxílio aos gestores principais. Já que eles não conseguem mais supervisionar todas as atividades de perto, a auditoria assegura que as normas e procedimentos-padrão sejam respeitados a fim de otimizar a eficácia do departamento.

É baseada na avaliação de sistemas e ativos, bem como procedimentos internos. Estabelece o controle sobre o setor com análise da legalidade das operações, estudo da condição financeira, bem como investigação da eficiência e desempenho dos equipamentos e da infraestrutura.

Também busca insights relevantes para gerenciamento de custos, atendimento ao cliente e qualidade dos processos. Estabelece governança de TI, avaliação de riscos e ainda apresenta ideias e sugestões para melhoria.

Pode ser dividida em auditoria interna ou externa. Na interna, um colaborador de dentro da empresa é responsável por essa função, respondendo diretamente aos líderes e garantindo os interesses da sua companhia. Na externa, tudo funciona como uma fiscalização dissociada dos interesses diretos da organização, o que garante segurança e precisão.

Estrutura-se em planejamento, execução, o relatório dos resultados e a criação de um plano de ação. Como já mencionamos, o foco não é somente avaliar os procedimentos e sistemas, mas também encontrar ideias para otimizar o dia a dia.

Por que é importante?

Nesta seção, vamos aprofundar as vantagens e a importância da análise sistemática de TI para as empresas.

Organização

Uma das principais vantagens é a organização. Com esse exame detalhado, é possível gerar mais transparência sobre o setor, com controle dos pontos falhos, dos acertos e do que pode ser feito para estimular o crescimento. O estudo desses fatores está condicionado aos padrões definidos pela organização, portanto, ele também ajuda a padronizar as ações e estratégias.

Um termo-chave é visibilidade. Auditar requer investigar globalmente um departamento, em busca de informações relevantes e do que elas podem representar para a empresa, de acordo com os seus objetivos. Por isso, a consequência é uma visão completa e irrestrita dos processos, dos ativos e da qualidade. Dos detalhes às questões mais complexas.

No geral, isso agrega estabilidade para a companhia. Se as operações são confiáveis, os ativos estão funcionando bem e tudo está dentro das normas, a empresa não precisará temer incidentes inesperados e transtornos que põem em risco as atividades cotidianas. É possível seguir produzindo e superando os desafios a fim de alcançar evolução constante.

Segurança

Quando pensamos em auditoria, um dos principais pontos que se destacam é justamente a segurança. Afinal, auditar um setor consiste em estudar todos os pontos para encontrar falhas, vulnerabilidades e inconformidades com leis e regras vigentes, de modo a evitar fraudes e problemas com exposição de dados e violação de privacidade.

Ao avaliar sistemas e ativos, por exemplo, é possível encontrar equipamentos obsoletos demais que já não recebem suporte de seus fornecedores e identificar aplicações não-originais que podem ser utilizadas e colocar a empresa em risco. O perigo de exploração por mal-intencionados é enfrentado e atenuado, com um controle mais preciso.

Vale ressaltar a avaliação de riscos propriamente dita, que busca identificar possíveis ameaças para o contexto da organização a fim de efetivar ações de defesa. Conhecendo os perigos, é possível se preparar, assim como é importante diagnosticar uma doença antes do tratamento.

Nos nossos dias, isso é crucial, visto que a segurança da informação é um tema muito relevante. As tecnologias estão evoluindo cada vez mais, e a responsabilidade sobre desenvolvedores e profissionais de TI também. A auditoria ajuda a gerenciar todos os processos internos e componentes de infraestrutura a fim de garantir proteção para que o desenvolvimento possa seguir normalmente.

Eficiência

Outro fator crucial é a eficiência. A governança de TI, avaliação de operações e riscos, além de estudo do desempenho e das condições dos ativos são ações que auxiliam na otimização e melhoria das operações internas. Ao encontrar problemas e gargalos, é possível agir para tratar a produção interna em busca de evolução dos indicadores.

Atentando especificamente para o conceito de eficiência, percebemos a relação direta com a auditoria de TI. Afinal, esse processo consiste em analisar as questões que mencionamos, a fim de entender se os recursos estão sendo aproveitados como deveriam, de acordo com a capacidade, justamente o que caracteriza a ideia de eficiência.

Esse termo está associado à busca por qualidade, outro conceito relevante nesse contexto. Com esse conhecimento, a gestão é capaz de implantar melhorias significativas.

Esse acompanhamento é global e ajuda a identificar erros, retrabalho e outras questões que prejudicam a performance das atividades do cotidiano. Se tudo funciona de maneira organizada, com o devido controle da gestão, a equipe interna tem a base para seguir produtiva.

Credibilidade

Tudo isso que mencionamos contribui para a melhoria da reputação e credibilidade da companhia no mercado. Ou seja, ao melhorar os processos e garantir maior controle sobre a tecnologia, a empresa consegue otimizar sua imagem e conquistar clientes com autoridade, convencendo-os da qualidade das abordagens.

Esse fator implica vantagem competitiva, ou seja, destaque da organização no mercado. Ela se torna sinônimo de melhoria e de otimização.

Como se preparar para uma auditoria?

Inicialmente, é crucial realizar um bom mapeamento de processos, com um estudo aprofundado dos fluxos de tarefas e estruturação de cada operação interna. Então, a empresa deve trabalhar em busca dos riscos e ameaças principais para o segmento.

Em seguida, o ideal é estabelecer um cronograma para a auditoria, com definição de um dia exato, a fim de preparar os colaboradores e todos os envolvidos e garantir sucesso. Com atividades bem-mapeadas, a companhia pode seguir com o controle dos setores e itens que serão auditados.

Auditar a TI é um passo fundamental para assegurar a consistência dos resultados. A organização do setor, com avaliação de riscos e análise de desempenho, ajudam a gerar visibilidade e transparência, mas também implicam maior produtividade e segurança.

Gostou de aprender essas informações sobre auditoria TI? Continue aprendendo tudo que você precisa saber sobre o assunto.

2019-11-26T12:28:33-03:00Categories: Artigos|Tags: , |1 Comentário

Um Comentário

  1. Alexandre 23 de janeiro de 2020 em 10:45- Responder

    Extremamente superficial.

Deixar Um Comentário