Auditoria de TI: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Certamente, você já ouviu falar em auditorias que podem ser realizadas em diversas áreas da empresa. Isso é importante para garantir que os processos e práticas sejam os melhores possíveis e permitir a identificação de melhorias a serem implementadas. E a TI não fica de fora! A auditoria de TI pode gerar uma série de benefícios para a área, bem como para o negócio como um todo, sendo essencial que você faça esse tipo de investimento.

Quer saber tudo sobre a auditoria de TI? Então continue a leitura do nosso guia completo para descobrir o que é e como implementar esse processo na empresa, agora mesmo. Conheça também os benefícios e a importância dessa auditoria, tanto para a área quanto para o negócio como um todo!

O que é uma auditoria de TI?

Antes de entender efetivamente o que significa uma auditoria de TI, é importante que você saiba o que é uma auditoria. Esse conceito vem do verbo to audit, em inglês, que se refere ao processo de examinar, corrigir, certificar. Dessa forma, uma auditoria consiste em colocar determinada área ou processo da empresa em análise, buscando entender como funcionam as atividades e quais são os problemas e possíveis melhorias a serem realizadas.

Portanto, uma auditoria de TI é o processo de analisar a área de forma minuciosa, buscando entender como são realizadas as tarefas a ela delegadas. Além disso, a auditoria de TI inclui também a análise da segurança da informação da empresa, assim como dos softwares desenvolvidos. Afinal, é este setor o responsável por tudo isso dentro do negócio.

Como funciona a auditoria de TI, na prática?

Como você deve ter percebido, a auditoria de TI pode ser comparada ao processo de colocar essa área da empresa em uma lupa. Para isso, é necessário entender efetivamente como ela funciona na prática dentro do negócio. Em primeiro lugar, existem duas formas principais de realizar uma auditoria de TI no negócio. Você pode solicitar algum profissional interno da empresa ou uma auditoria externa.

No primeiro caso, o profissional pode fazer parte de alguma das áreas de TI ou de outro setor dentro da sua empresa. Já na contratação de uma auditoria, trata-se de alguém de fora do negócio que será o responsável por todo o processo. Em qualquer um dos casos, é importante entender que fazer a definição de uma pessoa ou equipe para se responsabilizar pela auditoria é essencial para o sucesso da iniciativa.

A partir disso, são mapeados todos os processos e atividades, e o responsável pela auditoria coleta feedback dos membros do setor. Além disso, você também pode definir focos específicos para a auditoria ou, até mesmo, utilizar esse processo para analisar outros elementos, como o clima organizacional e a sobrecarga de trabalho na equipe.

Ao final, toda a auditoria de TI deve ser documentada, de forma a deixar claro o passo a passo do processo, o cronograma de execução e os resultados encontrados. Além disso, é essencial que sejam definidos planos de ação para melhorias e correções na área de TI, totalmente baseados no processo de auditoria implementado dentro da empresa.

Quais os objetivos principais da auditoria de TI?

A auditoria de TI possui alguns objetivos principais, que você confere a seguir.

Promover melhorias no setor

Um dos principais objetivos da auditoria de TI é promover melhorias no setor. Isso porque esse processo compara as atividades realizadas pela área com as melhores práticas disponíveis no mercado. A partir disso, é possível identificar processos ultrapassados ou metodologias mais avançadas para garantir a maior produtividade e eficiência da TI, além de padronizar atividades na área, como a criação de um modelo de SLA a ser utilizado por todos os colaboradores.

Analisar falhas e propor soluções

É comum que toda área apresente falhas e dificuldades. Porém, elas nem sempre são facilmente identificadas por quem convive diariamente com as atividades e rotina do setor. É aí que entra a auditoria como uma grande aliada na identificação de problemas na área de TI da empresa. Por meio desse processo, é possível entender quais são as principais falhas e, dessa forma, criar planos de ação para solucioná-las.

Embasar a tomada de decisão da área

A tomada de decisão é um processo complexo em qualquer área de uma empresa, o que inclui também a TI. Para garantir a assertividade, é essencial que ele seja baseado em dados e relatórios confiáveis.

Dessa forma, a auditoria de TI também tem como objetivo a geração de dados importantes para embasar a tomada de decisão sobre o futuro do setor dentro da empresa. Você passa a ter acesso a um relatório completo sobre o funcionamento da área, comparando-a com as melhores práticas do mercado e à empresa como um todo. A partir disso, pode tomar decisões de forma mais consciente e assertiva.

Garantir a segurança da informação

A TI é uma das principais responsáveis pela gestão do conhecimento e da informação de toda a empresa. Dessa forma, é essencial que as metodologias utilizadas para garantir a segurança desses dados sejam sempre as melhores possíveis, uma vez que o setor tem acesso a informações confidenciais e estratégicas do negócio como um todo.

Um dos objetivos da auditoria de TI é exatamente esse. O processo detecta falhas na segurança e vulnerabilidades dos sistemas da empresa. Além disso, também identifica brechas e propõe soluções para garantir que as informações e dados do negócio estejam sempre protegidos contra o ataque de vírus ou pessoas mal intencionadas.

Alinhar o TI ao planejamento estratégico do negócio

A empresa possui um planejamento estratégico geral, no qual cada uma das áreas possui participação para que os objetivos gerais da empresa sejam atingidos. A auditoria de TI também atua como uma grande parceira nesse aspecto.

Isso porque um dos objetivos do processo é ir além da análise do setor de TI, buscando identificar como ele contribui para os resultados do negócio como um todo. Dessa forma, ela permite que a área fique mais alinhada ao planejamento estratégico, gerando resultados que agregam valor ao funcionamento da organização de forma geral.

Qual a importância de fazer uma auditoria de TI?

O mercado da atualidade trouxe novas demandas para as empresas. O setor de TI, que antes era visto como uma área apenas operacional e de suporte, assume hoje um papel central dentro da empresa, atuando como parceiro da eficiência, inovação e competitividade do negócio perante o mercado.

Além disso, surgem também diversas metodologias e ferramentas organizacionais que passam a ser implementadas também na área de TI. É o caso da metodologia de gerenciamento ágil, que ganha espaço do setor, principalmente com a popularização do DevOps. Além disso, chegam também outros conceitos, como o de TI bimodal, aliados a ferramentas que potencializam os resultados do setor.

Diante dessa nova realidade, é essencial que a área de TI esteja alinhada às novas demandas e conceitos, assim como às melhores práticas disponíveis no mercado. Só assim o setor garante que efetivamente atuará como parceiro estratégico do sucesso e crescimento da empresa como um todo.

Com isso, fica nítida a importância da realização de auditorias periódicas de TI na empresa. Afinal, é por meio desse processo que você será capaz de identificar quais são as principais necessidades da área e os problemas a serem resolvidos. Além disso, a auditoria permite uma melhor visualização do desempenho do setor e ainda traz sugestões de práticas em alta no mercado que são capazes de potencializar os resultados do TI da empresa.

Isso traz uma série de benefícios, tanto para o setor de TI quanto para a empresa como um todo. Continue a leitura e descubra agora quais são os principais deles!

Quais são os principais benefícios da auditoria de TI?

Existem vários benefícios relacionados à prática de auditorias de TI dentro de uma empresa. Os principais deles são:

  • aumenta a eficiência do setor de TI por abrir espaço para a utilização dos melhores processos;
  • permite a neutralização e redução dos riscos de processos e projetos;
  • melhora o aproveitamento dos recursos existentes, tanto humanos quanto equipamentos e de tecnologia;
  • permite a redução dos custos da área e da empresa como um todo;
  • garante a solução dos principais problemas de TI por meio de planos de ação eficientes;
  • alinha as práticas de TI às exigências do mercado e às novidades na área;
  • melhora a gestão de TI, permitindo melhor entendimento sobre o funcionamento da área;
  • dá credibilidade ao setor de TI, tanto perante os clientes quanto os outros setores da organização.

Quando fazer uma auditoria de TI?

Agora que você já sabe a importância e os benefícios da auditoria de TI para a sua empresa, fica o questionamento: qual o melhor momento para implementar esse processo? Para responder a essa pergunta, é importante que você esteja atendo a alguns fatores que indicam a necessidade de uma auditoria.

Em primeiro lugar, a auditoria é importante quando você percebe que a sua equipe de TI não gera os resultados esperados. Isso indica que algo está errado com o setor e, dessa forma, a auditoria de TI pode ser a melhor forma de identificar e solucionar os problemas da área. Além disso, a auditoria também pode ser importante quando há a necessidade de reformular processos e projetos, assim como quando você sente que a gestão de TI do negócio não gera os resultados esperados.

Porém, mesmo sem nenhum desses indícios, pode ser importante realizar a auditoria de TI da empresa. Isso porque ela sempre gera uma série de benefícios e insumos para melhorias nesse setor da empresa. Ela também deve ser realizada periodicamente, o que significa que não basta fazer apenas uma auditoria, sendo necessário repetir o processo ao longo do tempo de forma a garantir a melhoria contínua do setor.

Como fazer uma auditoria de TI interna?

Agora que você já sabe quais são os benefícios da auditoria de TI, descubra como implementá-la na sua empresa!

Defina responsáveis

O primeiro passo para iniciar a auditoria de TI no seu negócio é definir uma equipe responsável. Ela pode ser formada por uma ou mais pessoas, dependendo do tamanho da área de TI. Lembre-se de que são esses colaboradores que serão os responsáveis por executar todo o processo e criar o relatório para a sua empresa.

Planeje o processo com cuidado

Após a definição de responsáveis, é importante que você planeje com cuidado o processo de auditoria. Nesse momento, você deve definir cada um dos passos e delegar as atividades entre os membros da equipe de auditoria. Defina também os métodos de coleta de dados, elementos a serem avaliados e forma de análise dos resultados a serem utilizadas.

Por fim, é importante definir um cronograma de execução da auditoria, com datas e resultados esperados para cada uma das etapas.

Converse com os membros do time

Os membros do time de TI são grandes aliados na qualidade da auditoria. Isso porque são eles que auxiliarão a equipe a encontrar os dados, além de ainda poderem dar feedback e indicar locais e processos de melhoria por parte do time.

Portanto, é importante que você converse com essas pessoas de forma a garantir que elas entendam a importância do processo e o papel de cada um deles na execução da atividade. Além disso, garanta que todos entendam o porquê de colaborar para as atividades de auditoria.

Execute a auditoria de TI

Após o planejamento e conscientização dos membros do time, é hora de efetivamente colocar a auditoria de TI em prática. Portanto, dê cartão verde para que a equipe responsável execute cada uma das etapas do processo de acordo com o cronograma estabelecido.

Nesse momento, acompanhe a execução. Caso descubra algum problema no processo de auditoria, ou seja identificada a necessidade de mudança do planejamento, não hesite em realizar as adaptações necessárias para o sucesso do processo como um todo.

Avalie os resultados e crie um relatório

Ao final da coleta de dados, é essencial avaliar os resultados de forma a transformá-los em informações úteis para a empresa. Portanto, utilize os métodos pré-definidos para esse processo.

Também é importante que a equipe crie um relatório com todos os resultados e a interpretação de cada um deles. Eles também podem colocar propostas de novas metodologias a serem utilizadas pelo time e sugestões de soluções para os problemas encontrados durante o processo.

Crie planos de ação com base na auditoria

A auditoria não acaba quando o relatório é entregue. Após esse momento, é importante entender quais são os pontos críticos do setor e investir na solução de problemas e melhoria da área. Portanto, crie planos de ação baseados nos resultados da auditoria. Para isso, é importante também delegar responsáveis por todas as mudanças e estabelecer metas e indicadores.

Planeje a próxima auditoria interna

Como você já sabe, não basta realizar apenas uma auditoria. A melhoria do setor de TI deve ser um processo constante a ser implementado na empresa, de forma a garantir que a área esteja sempre alinhada com as novas demandas do mercado. Portanto, com o fim da auditoria, já comece a planejar a próxima. Estipule uma periodicidade, de acordo com os objetivos e necessidades da empresa. Dessa forma, você garante que o setor sempre gere os melhores resultados para o negócio como um todo.

Quando contratar uma empresa externa para fazer uma auditoria de TI?

Como você já sabe, existem dois tipos de auditoria: a interna e a externa. A auditoria externa é realizada por uma outra empresa — processo semelhante a um outsourcing —, que avalia as práticas de TI da sua organização e, ao final, gera um relatório. O processo é semelhante em ambos, porém, no caso de uma empresa externa, quem realiza a auditoria é um profissional que não tem nenhum vínculo ou contato prévio com o negócio.

Isso traz alguns benefícios para a sua empresa, uma vez que o profissional possui uma visão diferente sobre a organização por não possuir nenhum vínculo anterior com ela. Dessa forma, não existe uma regra sobre quando contratar ou não uma empresa especializada para a realização do processo.

O que você deve observar são os seus objetivos com a auditoria e a capacidade produtiva da sua equipe para realizar o processo. Isso significa que, se você quiser ter acesso a uma visão de fora da empresa, diferenciada, é necessário contratar uma outra empresa para a realização do processo.

Além disso, quando a sua equipe já está envolvida em uma série de atividades, não tendo tempo suficiente para uma auditoria de qualidade, também pode ser importante contar com um profissional externo para essa atividade.

Quais são os cuidados necessários ao fazer uma auditoria de TI?

A auditoria é um processo extremamente importante para a empresa, que garante a melhoria contínua e solução de problemas da área de TI. Porém, para que ele tenha os resultados esperados, é essencial que você tome alguns cuidados. Descubra agora quais são eles!

Tenha os objetivos claros

Todo o processo de auditoria deve ser realizado com base nos principais objetivos da área de TI e de definições sobre quais são os resultados esperados. Ou seja, é importante que você saiba o porquê de realizar a auditoria de TI na sua empresa para garantir que ele seja conduzido com base nessas premissas. Portanto, se questione sobre a importância e o valor da auditoria para o setor. Saiba exatamente onde quer chegar com esse processo e baseie todo o planejamento nisso.

Esteja atento ao cronograma

É preciso descrever o passo a passo do processo de auditoria para a sua empresa. A partir disso, você deve criar um cronograma de execução. Porém, muitas vezes as equipes se perdem em meio ao processo, atrasando entregas e, até mesmo, impossibilitando a chegada aos resultados finais. Nesse aspecto, é essencial que você esteja sempre atento ao cronograma de forma a garantir que o processo ocorrerá como planejado.

Garanta a privacidade dos colaboradores

Pode ser que você decida entrevistar os membros da equipe de TI durante o processo de auditoria, como forma de coletar dados. Nesse momento, é essencial criar um ambiente propício para que os colaboradores deem feedback e emitam opiniões sinceras, garantindo o anonimato de todos eles.

Faça um relatório completo

Ao final da auditoria é importante criar um relatório completo. Ele deve conter o nome dos integrantes da equipe, metodologias de coleta e análise de dados utilizadas e os resultados. Além disso, pode conter sugestões de melhorias e soluções para os problemas evidenciados pelo processo. Portanto, crie um relatório completo para embasar tanto a tomada de decisão na área quanto auditorias futuras a serem realizadas no setor.

Tire os resultados da gaveta

Por fim, um outro cuidado extremamente importante na hora de realizar o processo de auditoria é o que fazer com os resultados. Afinal, muitas empresas acabam engavetando o relatório do processo, não utilizando informações valiosas para embasar as ações da instituição.

Portanto, tire  os resultados da gaveta e utilize-os para efetivamente gerar melhorias para a área de TI! Para isso, é importante que você crie planos de ação para a solução dos problemas encontrados, indicando qual o passo a passo de implementação das mudanças e indicadores para os resultados das ações. Dessa forma, você garante os melhores resultados da auditoria de TI no seu negócio.

Com esse guia você conseguir entender o que é e como funciona uma auditoria de TI. Também descobriu qual a importância desse processo e quais são os benefícios que ele gera, tanto para a empresa quanto para o setor.

Agora você também sabe como implementar uma auditoria interna na empresa e quando é necessário busca ajuda externa para esse processo, além de descobrir os principais cuidados que precisa tomar para garantir a qualidade da auditoria. Portanto, aproveite para começar a planejar a auditoria de TI do seu negócio agora mesmo e contribua para um posicionamento mais estratégico da área de TI, levando a empresa ao sucesso!

E que tal receber mais conteúdos interessantes como este diretamente no seu e-mail? Assine agora mesmo a nossa newsletter e fique por dentro das atualizações do nosso blog, garantindo a melhoria contínua dos processos de TI da sua empresa!

2019-04-24T18:05:08+00:000 Comments

Leave A Comment