fbpx

Saiba a importância de ter um release planning bem estruturado!

A implementação de projetos ágeis pode ser uma ótima opção para produzir mais e continuamente sem perder a qualidade dos processos realizados. Porém, para que funcione de forma adequada, é fundamental garantir que o resultado de um sprint represente, de fato, uma entrega para o cliente final.

Isso dependerá, principalmente, dos releases praticados e do planejamento de cada um deles: o release planning. Você já ouviu falar desse conceito? Pois, neste post, vamos mostrar qual é a sua importância para as empresas de TI e como se deve elaborar um da melhor forma. Continue lendo e tire todas as suas dúvidas!

O que é o release planning?

Basicamente, trata-se de um mapa que reflete as principais expectativas sobre as medidas que serão implementadas em uma empresa, além de identificar quando elas são concluídas.

O release planning costuma ser empregado em ambientes com metodologias ágeis ou com a implementação do Scrum. Assim, ele representa graficamente todo o processo de produção da sua empresa de TI, desde a concepção de um produto a até a entrega para o cliente final.

Vale dizer que também é chamado de release planning o próprio ato de realizar o planejamento.

Qual é a importância de ter um bem estruturado?

Essa prática permite a observação de variáveis importantes que estão envolvidas no processo de concepção e entrega de um produto. Com isso, é possível enxergar além de um sprint, visualizando com mais precisão e de forma mais direta todo o processo de produção.

Por exemplo, se houver a necessidade de fixar uma data para as diversas etapas a serem realizadas pelos seus colaboradores — seja devido a etapas estabelecidas no contrato, seja por uma questão de agradar seu cliente, entre outros — o release planning se torna uma peça fundamental. Na verdade, ele só é dispensável nas seguintes situações:

  • quando há dependência de releases diários ou diversos releases por dia;
  • quando há a necessidade de um release a cada sprint.

Por permitir a geração de releases curtos e com maior frequência, ele garante um tempo de resposta bem menor para o seu cliente final, evitando situações que podem gerar gargalos ou mesmo o desenvolvimento de funcionalidades desnecessárias em seu projeto, capazes de acarretar desperdício de tempo, recursos e possíveis atrasos. Até por isso, o release planning ainda potencializa o retorno sobre investimento (ROI) do seu negócio.

Como fazer um bom release planning?

Existem mesmo algumas práticas que, apesar de comuns, podem ser implementadas para garantir que o release planning consiga tornar o seu processo de produção mais seguro, acelerado e minimizando erros. Os principais passos são:

  • abertura — o responsável realiza a revisão do propósito da reunião, verificando se todos os pontos precisam mesmo ser revistos, define a estrutura da reunião, a agenda a ser trabalhada, entre outros;
  • roadmap — o Product Owner verifica o status da visão do produto, para que todos os envolvidos consigam realinhar o foco e expectativas sobre o projeto;
  • status do projeto — verifica-se o andamento do projeto no momento, as etapas que já foram concluídas e quais ainda precisam ser modificadas e elaboradas;
  • tema da release — o Product Owner realiza a proposição do release atual. Normalmente, ela é definida de acordo com o objetivo do negócio e alinhada com a data de entrega;
  • estimativa de velocidade — as equipes verificam qual será o tempo para a produção referente ao release, com base em dados objetivos de sprints anteriores;
  • agenda da release — essa definição é fundamental para que os times trabalhem de forma colaborativa, com uma maior precisão e exatidão;
  • mapear itens nas sprints do release — verifica-se quantos itens cabem em cada sprint;
  • levantamento de riscos — os responsáveis verificam quais pontos podem gerar riscos, dependências e possíveis falhas no processo, e identificam como minimizá-los;
  • plano de comunicação e logística — os responsáveis deverão definir quais ações deverão ser tomadas para melhorar a comunicação entre os times envolvidos;
  • montar gráficos — acompanha-se todos os pontos que possam auxiliar uma melhor visualização do release;
  • retrospectiva — ao final do release planning, o responsável revisa os principais pontos levantados até ali, verificando se há dúvidas ou questões em aberto para os participantes.

Considere as incertezas

Mesmo com todos os procedimentos que vimos até aqui, ainda podem ocorrer pontos de incerteza durante o desenvolvimento de uma solução. Isso é natural — porém, exige que se tome certos cuidados para minimizar essas chances de problemas.

Em primeiro lugar, considere as possíveis incertezas durante o processo e defina planos de contingência para cada uma dessas situações. Isso deve ser definido em equipe, de forma colaborativa, para cobrir todas as possibilidades.

Busque melhorias contínuas

Ainda mais em um mercado tão competitivo, para que o seu negócio consiga avançar na produção de soluções e melhorar as condições de trabalho, para todos, o processo de melhoria contínua é fundamental. Então, implemente isso como uma verdadeira cultura em seu negócio. Assim, todas as decisões que foram definidas no release planning poderão ser modificadas e impulsionadas sempre que necessário.

Como um suporte especializado pode auxiliar a sua realização?

Como vimos até aqui, o release planning é um mecanismo fundamental para conseguir melhores resultados durante todo o processo de produção, com maior alinhamento, precisão e trabalho colaborativo entre todos os envolvidos. Por isso, ele deve ser realizado de forma impecável no seu ambiente interno — e, hoje, a melhor maneira de garantir isso é contar com a ajuda de um suporte especializado, por meio de uma consultoria.

Ela será responsável por verificar como os processos estão sendo implementados (se estão dentro do planejado ou se precisam de melhorias, e quais), certificando que todos os envolvidos consigam realizar suas tarefas corretamente dentro daquele release. Lembre-se: para garantir a aplicação correta das metodologias ágeis, ter parceiros confiáveis e especialistas ao seu lado pode ser crucial!

Então, gostou da leitura? Agora, se quer obter releases mais produtivos e que, de fato, conduzam para os resultados esperados, conheça o trabalho da Gaea! Entre em contato conosco e converse com um de nossos consultores.

2019-12-20T10:51:08-03:00Categories: Artigos, Desenvolvimento|Tags: , |0 Comentários

Deixar Um Comentário