Entenda a relação entre IoT e Omnichannel e como impacta sua empresa

A tecnologia já mudou drasticamente a maneira como o público interage com suas marcas preferidas, faz compras e busca informação. É quase impossível imaginar alguém fazendo grandes aquisições sem pesquisar bastante na internet, por exemplo. Se você pretende manter seu negócio relevante, precisa entender dois conceitos fundamentais sobre esse novo comportamento: IoT e Omnichannel.

Talvez, você já tenha ouvido falar sobre esses termos, mas não esteja tão familiarizado com seus significados ou com sua importância. Se esse for o caso, é melhor se atualizar logo! Basicamente, cada um deles é uma forma que as empresas encontraram para lidar com a nova realidade de alta tecnologia na qual vivemos. Logo, elas devem passar de um diferencial a uma obrigação.

Se você quiser aprender mais sobre esses temas e como eles impactam na sua empresa, continue a leitura deste post e confira o que você precisa saber sobre IoT e Omnichannel!

O que é IoT?

Traduzido como Internet das Coisas (Internet of Things), a IoT é a ideia de que tudo está conectado. E dizemos isso de forma bem literal, como quando você conecta seu celular ao seu aparelho de ar-condicionado para ligá-lo meia hora antes de chegar em casa. O mesmo princípio se aplica ao seu computador, às suas redes sociais e a todo o seu histórico de pesquisa.

A partir desse conceito, podem ser traçadas infinitas possibilidades de atuação e de aprimoramento. Hoje em dia, pense no que é possível fazer graças à conectividade entre aparelhos, acesso rápido às informações, entre outros recursos.

O que é Omnichannel?

Você provavelmente já passou pela experiência de ter vários canais na sua TV e, ainda assim, assistir a apenas um ou dois deles. Essa característica se manteve à medida que os consumidores migraram para a internet. A maioria das pessoas preferem ter um canal para o qual possam recorrer em qualquer momento, do que um monte de páginas desconexas.

Diante disso, nasceu o Omnichannel, o conceito de um único canal para onde todas as formas de atração do seu site convergem. Não importa se o cliente encontra você pelo celular, pelo computador ou em uma loja física, todos os dados são centralizados.

Como esses dois conceitos se relacionam?

Aprimoramento de suas plataformas de atendimento

Investir em IoT e Omnichannel é uma maneira bem eficaz de tornar suas plataformas de interação com o cliente mais eficientes. Atualmente, muitas empresas enfrentam problemas para guiar seus leads depois que eles chegam até um e-commerce ou uma página de serviços. Alguns ficam perdidos, pulam de página em página ou apenas não encontram o que querem.

Por meio da IoT é possível aprender mais sobre seu público, o que eles desejam e como você pode atender às suas demandas. Com o Omnichannel, você pode colocar todos esses contatos no mesmo espaço, facilitando seu trabalho de análise posterior.

Interações mais práticas entre consumidor e empresa

Como já mencionamos, os fatores que os consumidores mais valorizam dentro de uma loja online são a praticidade e velocidade. Se alguém precisa dar muitos passos apenas para verificar as condições de um produto ou serviço, é bem provável que desista no meio do caminho. Quanto mais curto for o percurso, maiores são suas chances de fechar negócios.

A combinação das ferramentas de Omnichannel com IoT, por sua vez, também ajuda a otimizar essa interação. Se todos os seus canais são unificados, então será muito mais fácil direcionar seus leads, pois todos precisam dar apenas um passo para encontrar seus produtos. Da mesma forma, a Internet das Coisas permite que você use e abuse da conectividade digital para se comunicar, já que a maioria dos consumidores usa a internet regularmente.

Quais benefícios IoT e Omnichannel proporcionam?

Melhoria na experiência do cliente

Certamente, seus clientes estão em busca de um bom produto ou serviço. Contudo, isso não é o suficiente para garantir o melhor desempenho de vendas. Seus leads querem não só o produto, mas também a melhor experiência de compra. Caso a aquisição em si não seja satisfatória, então é mais provável que ele desista de ser seu cliente.

Graças à alta conectividade, tem sido cada vez mais fácil entender o que seus leads precisam para se sentirem mais completos em cada compra: promoções, benefícios extras, exclusividade etc. E com a grande quantidade de dados disponíveis no mundo online, não é difícil descobrir quais métodos são mais eficazes.

Otimização do processo de venda

O caminho que um visitante faz até fechar negócio pode ser mais curto ou mais longo dependendo do tipo de produto que você entrega. Um carro, por exemplo, não é o tipo de coisa que se deve comprar por impulso. Porém, o que você realmente deseja é que esse processo tenha a quantidade de duração de estágios mais adequados para o seu contexto.

Investir em tecnologia para Omnichannel possibilita uma plataforma mais consistente e eficaz para seu processo de vendas, pois o caminho que ela representa sempre será mais curto do que uma série de canais. Quanto mais eficiente for seu processo de vendas, menos você terá que investir para fechar um negócio.

Segmentação eficiente do seu público

Outra forma pela qual IoT e Omnichannel podem melhorar os processos da sua empresa é por meio da segmentação do público. Algumas pessoas acreditam que ter o público mais abrangente possível é o melhor movimento, mas a verdade é que, quanto mais específico ele for, maior tende a ser o retorno de seus investimentos.

Pense bem: é impossível ter um único produto e método de venda que agrade a todo mundo. Com a segmentação, suas campanhas de marketing terão maior taxa de conversão, vão demandar menor investimento no médio e no longo prazo e ainda facilitarão o trabalho de pós-venda e de fidelização do público.

Qual a relação entre IoT e Omnichannel nas empresas?

Como vimos, o Omnichannel é um termo criado para determinar o consumidor que procura informações de produtos, serviços e empresas por meio de pesquisas em redes sociais, canais oficiais da companhia, portais de buscas e também opiniões em comunidades, antes de finalizar uma compra ou a contratação de um serviço.

O consumidor quer ser muito bem atendido em todos os canais disponíveis e, também, obter informações alinhadas em todas as plataformas em que busca esclarecimentos e dados. Na era do Omnichannel e do IoT, uma das maiores preocupações das grandes empresas é oferecer uma experiência de compra positiva para o cliente.

Essa experiência é utilizada de forma ágil, extensa e atualizada — podendo ser presencial, mas é primeiramente digital. Para que essa demanda fosse atendida, os departamentos de marketing iniciaram uma busca inesgotável por tecnologia. Ao procurar as melhores ferramentas que pudessem melhorar a sua linguagem, favorecer o acesso aos consumidores, fazer medições, pesquisar o comportamento de compra do público-alvo da marca, analisar dados etc.

Nesse instante é que entram os dispositivos conectados à Internet das Coisas, com a finalidade de tornarem mais eficientes as plataformas de interação. As vantagens atingem as empresas que poderão melhorar seus processos de venda e realizar uma segmentação mais eficaz dos seus clientes, e os consumidores que terão uma experiência melhor de compra.

Mas não é só isso! Os gestores poderão melhorar a logística de transporte de produtos e também os seus centros de distribuição — possibilitando maior controle sobre a demanda de estoque. Também é possível fiscalizar o tráfego de clientes em lojas, por exemplo, e responder em tempo real, utilizando um reconhecedor da face para saber quem é aquela pessoa.

É possível também cruzar esse reconhecimento com banco de dados das últimas compras e visitas, a fim de saber o que sugerir para seu cliente. Assim, é possível criar formas de atendimento personalizadas, prever falhas de equipamentos e reconhecer as tendências com precisão.

Como eles influenciam os projetos de TI da empresa?

As características essenciais do Omnichannel são a convergência e integração de todos os canais de compra, mas que se amplia ao atendimento, suporte etc. Quando bem aplicada, o Omnichannel motiva de forma positiva um negócio e, dessa forma, as suas características se tornam notórias.

Alguns dos benefícios são a otimização na qualidade dos serviços oferecidos, fidelização de clientes, imagem da marca etc. A IoT tem tomado proporções cada vez maiores, devido ao barateamento dos aparelhos mobile e da internet a cabo. Em breve, os gerentes de TI também terão que lidar com os novos desafios dessas demandas, dentro e fora da organização.

É muito importante começar a pensar em como realizar a segurança dos dados dos usuários e, inclusive, como manter toda essa rede funcionando sem falhas com a troca de informações acontecendo em um cenário maior do que o atual.

Muitos empresários já estão pensando em como se manter dentro do mercado e estão de olho nessas tendências — profissionalizando ainda mais a equipe e fazendo com que os colaboradores pensem nas possibilidades dessa revolução. Por isso, esse é o momento ideal para que você possa aprimorar a gestão de conhecimento da sua empresa.

Em síntese, agora que você conhece um pouco mais sobre IoT e Omnichannel, a relação entre os conceitos e como eles impactam e beneficiam o funcionamento da sua empresa. Sendo assim, já pode começar a investir nessas tecnologias para se manter competitivo no mercado e trazer mais lucratividade para seu negócio.

Se você gostou do nosso post sobre a relação entre IoT e Omnichannel, então siga nossas redes sociais e acompanhe nossas atualizações: estamos no Facebook, no Twitter e no Linkedin!

2018-09-11T14:39:47+00:000 Comments