Treinamentos e certificações em DevOps: quais são e por que investir?

Com o aumento da exigência do mercado e a necessidade de rápidas entregas no desenvolvimento de softwares, diversas companhias têm adotado a metodologia DevOps. Com isso, os profissionais devem estar preparados para as novas oportunidades que estão surgindo nessa área. Conhecer e investir nas certificações em DevOps são os caminhos para que o profissional se destaque dos demais.

Neste post, nós vamos falar sobre a importância de realizar um treinamento para se preparar para tirar as certificações necessárias a fim de se diferenciar no mercado de trabalho. Continue conosco e confira!

DevOps

DevOps é uma metodologia de desenvolvimento de software que alinha o time responsável pela programação dos sistemas à equipe de operação, o que resulta em muito mais agilidade para as entregas e qualidade de código.

Muitas empresas estão adotando essa metodologia de desenvolvimento devido à sua capacidade de entregar respostas rápidas a problemas operacionais que podem surgir a qualquer instante, além de outras vantagens.

Importância para o profissional

Essa adoção em massa por parte das companhias amplia as oportunidades para profissionais que estejam preparados para lidar com essa nova realidade. A maneira mais prática de comprovar os seus conhecimentos em DevOps e destacar-se dos demais especialistas é por meio de uma certificação.

Essa conquista demonstra que o profissional detém um conjunto de capacidades e habilidades comprovadas mediante testes realizados por entidade idônea e que garantem os seus conhecimentos.

Treinamento para certificação

Mesmo que você trabalhe com DevOps diariamente e já tenha uma boa bagagem de experiência no desenvolvimento de sistemas, realizar a prova de certificação pode ser um desafio imenso.

Por isso, é interessante que o profissional se prepare por meio da realização de um curso, como o oferecido pela GAEA. Vamos dar algumas informações acerca desse treinamento para que você possa se familiarizar.

Objetivo do curso

A meta principal do curso é preparar o profissional para estar apto a passar no exame da certificação DevOps, porém, é também demonstrar as vantagens dessa metodologia de desenvolvimento.

Para isso, é enfatizada a importância da comunicação entre os desenvolvedores, operadores de sistema e times de qualidade durante o ciclo de vida de aplicações e serviços.

Conhecimentos

No treinamento, serão abordados vários itens básicos para a melhor compreensão do DevOps, como os três pilares, os princípios e os conceitos em geral, os processos e a cultura organizacional.

Durante o curso, também são abordados diversos conteúdos avançados para um total conhecimento sobre a aplicação de DevOps. Entre os mais importantes, estão planejamento, requisitos, desenho, desenvolvimento e aplicação.

Público-alvo

Os treinamentos para as certificações em DevOps são interessantes para todos os profissionais envolvidos com o desenvolvimento de aplicações e também para aqueles alocados nos setores de operações.

Buscar uma certificação é essencial para gerentes em geral, desenvolvedores, proprietários do produto, dentre outros profissionais que estejam envolvidos direta ou indiretamente com o projeto.

Áreas beneficiadas

São três as áreas que mais serão beneficiadas com a implantação do DevOps e nas quais os profissionais podem buscar uma certificação — o time de desenvolvimento de aplicações, de operações e de qualidade.

Os desenvolvedores têm maior compreensão dos problemas existentes e conseguem entregar mais rapidamente as soluções. A equipe de operações recebe suas demandas com maior agilidade e tem acesso mais fácil ao time de desenvolvimento. O setor de qualidade aumenta seu controle com a facilidade de comunicação.

Revisão e simulados

Outro item de grande importância com o qual o profissional poderá contar ao realizar um curso preparatório para a certificação é a possibilidade de realizar revisões e simulados.

Os exames mencionados consistem em provas que simulam o teste de certificação e demonstram ao candidato o que ele deve esperar. Isso pode ajudar principalmente aqueles que têm um pouco de dificuldade em controlar o nervosismo na hora da prova.

Certificações em DevOps

Bom, já falamos sobre o treinamento, mas ainda não dissemos nada sobre as certificações em DevOps existentes. Atualmente, elas são duas e vamos listar cada uma delas e a diferença que elas apresentam entre si.

DevOps Professional

Essa certificação foi desenvolvida para profissionais que buscam saber comprovar um conhecimento básico sobre DevOps, garantindo que o especialista tem ciência do essencial para a aplicação da metodologia.

Entre os principais conteúdos cobrados nessa certificação, estão os três pilares básicos do DevOps, os hábitos de controle e a manutenção de segurança dos sistemas.

O público-alvo

O público-alvo dessa certificação é composto pelos profissionais que não têm um cargo de gerência, apenas trabalham em ambientes nos quais se aplica DevOps ou estão iniciando seus estudos nessa metodologia agora.

A prova

O tempo de prova é de uma hora e meia e ela é composta por 40 questões de múltipla escolha, nas quais o profissional tem de obter 65% de acertos para ser considerado apto para a certificação. Hoje, a única linguagem disponível é o inglês, o que pode ser um problema para alguns profissionais.

DevOps Master

Essa é a principal certificação DevOps disponível no mercado e atesta que o profissional tem plenos conhecimentos em aplicação e controle de ambientes que utilizam essa metodologia de engenharia de software.

Como os profissionais certificados em DevOps Master têm capacidades e habilidades máximas, espera-se que o teste para a obtenção da certificação seja mais complexo. A prova abrange todos os conhecimentos necessários para que o especialista possa implantar o DevOps em uma organização.

O público-alvo

Essa certificação pode ser realizada por todos os profissionais que tiverem interesse, principalmente por gerentes e desenvolvedores. Como são necessários maiores conhecimentos, é preciso investir em um treinamento para garantir uma melhor performance na prova.

A prova

A prova é composta de 50 questões de múltipla escolha e tem duração de duas horas. Ela atesta que o profissional tem um nível de expertise em DevOps e, diferentemente da Professionals, está disponível em várias línguas, inclusive o português. Isso facilita a obtenção da certificação pelos profissionais brasileiros.

Para aproveitar todas as oportunidades que estão surgindo no mercado com a adoção dessa metodologia de engenharia de software, é preciso não apenas obter o conhecimento, como também comprová-lo. A obtenção de uma das certificações em DevOps é a melhor maneira de conseguir isso.

Gostou do conteúdo e quer ter mais informações para dar um booster na sua carreira? Então assine agora a nossa newsletter e receba posts exclusivos diretamente em seu e-mail!

2018-01-24T11:03:00+00:00 0 Comments