Automatização de entrega de software: como o Cerberon + DevOps pode ajudar?

Muito se fala em cultura DevOps no departamento de TI, mas, na prática, poucas empresas e equipes a aplicam de verdade. Isso acontece porque ainda existem certas barreiras: mudanças, dúvidas e resistências com relação à desconstrução e reconstrução dos processos. Contudo, o mercado está cada vez mais dinâmico e competitivo, forçando as empresas a acelerarem a entrega de novos produtos e serviços, além de aumentar a qualidade. E é nesse aspecto que a automatização de entrega de software pode ajudar.

O Cerberon pode ser uma ótima ferramenta para estimular a prática do DevOps, isso porque auxilia na automação de diversas tarefas, inclusive, na entrega das aplicações. Quer aumentar o potencial de retorno do seu negócio? Então fique ligado nessa ideia!

O que é DevOps?

O termo “DevOps” representa a junção das palavras inglesas “Development” e “Operations”, e significa o alinhamento das equipes de desenvolvimento e operações no setor de TI que, tradicionalmente, trabalham separadas.

A metodologia visa mesclar às duas equipes em apenas uma, passando a compartilhar responsabilidades, recursos e ferramentas uma com a outra para melhorar a comunicação, integrar os processos e, consequentemente, gerar melhores resultados. Os dois times começam a trabalhar juntos, em harmonia, e a colaborarem diretamente com os resultados um do outro.

Quais são os desafios do DevOps?

Como falado a pouco, apesar de ser uma metodologia inovadora e que promete uma série de benefícios para as empresas, ainda existem desafios importantes a serem superados para a sua total e correta implementação. São eles:

Engajamento das equipes

O primeiro grande desafio se concentra no aspecto comportamental dos profissionais que compõem as duas equipes.

Enquanto os profissionais de desenvolvimento costumam ser mais abertos a propostas de criação de um ambiente favorável as mudanças, os de operações preferem um ambiente mais estável e confiável. Ambos estão convencidos a fazerem o melhor para a empresa, mas só geram conflitos, o que pode prejudicar o negócio.

Isso impede o engajamento dos times na empresa que, para ter uma cultura DevOps adequadamente implementada, depende da comunicação, interação, maior colaboração e compartilhamento dos mesmos objetivos.

Necessidade de automação

O DevOps, para ser eficiente, precisa ter funções automatizadas, mas como cada equipe conta com uma gama de ferramentas diferentes, a integração das equipes pode ser um grande desafio. As empresas precisam abrir mão de certos métodos e ferramentas para unificar tudo em apenas uma, o que muitos gestores não estão dispostos a fazer.

Não adianta implementar o DevOps se a maioria das tarefas, principalmente as repetitivas, continuam a ser realizadas de forma manual. Isso faz com que os benefícios prometidos pela metodologia se percam no caminho e, no final, poucas são as mudanças.

Nesse sentido, os profissionais de TI precisam se unir e terem maior comprometimento com a redução de tarefas manuais, reduzindo a interferência humana na entrega dos softwares.

Quais são as vantagens da automação do DevOps?

Com a automação de tarefas, o DevOps pode ser mais facilmente motivado, já que um conjunto de processos são configurados para serem executados de forma conectada e interdependentes um do outro. Como resultado, as equipes serão “forçadas” a trabalhar em harmonia para não interromper o ciclo. Além dessa vantagem, existem outras, como:

Cria um ciclo contínuo de qualidade superior

Quando as tarefas são automatizadas no DevOps, as etapas de desenvolvimento, testes, validações e entrega dos softwares, passam a ser executadas da mesma forma sempre. Isso quer dizer que a qualidade pode ser programável e inserida em cada processo para ser repetível, mantendo um padrão confiável de continuidade.

Economiza tempo

Os profissionais de TI tem um tempo maior para se dedicarem a tarefas mais importantes e que ainda não podem ser automatizadas. Dessa forma, criam-se processos mais unificados e ágeis, tornando o ciclo de produção e entrega de softwares consideravelmente mais rápido.

Elimina retrabalhos

Os retestes (conferências) realizados manualmente para se certificar da validação dos códigos (funcionalidades) não precisam ser feitos, pois a automatização livra boa parte dos processos da interferência humana, sendo necessário apenas um teste para a validação das aplicações.

Outras vantagens da automação do DevOps

  • menor tempo para a entrega de novas funcionalidades;
  • abrange a visão das etapas de desenvolvimento e operações;
  • um menor índice de erros chega até os usuários finais;
  • permite a reutilização dos testes entre os ambientes;
  • conclui etapas do DevOps mais rapidamente;
  • possibilita testes em todos os ambientes;
  • facilita o monitoramento constante;
  • é rápido na identificação de falhas;
  • entrega feedbacks mais rápidos;
  • torna os testes sustentáveis.

Em que momento o Cerberon + DevOps é indicado para a empresa?

O Cerberon é uma das ferramentas mais importantes quando o assunto é automação do DevOps, e ajuda a empresa em várias tarefas. Uma delas é quando há a necessidade de otimização dos processos para se fazer mais, com os mesmos recursos, em menos tempo e com a qualidade superior.

O dinamismo do mercado pode ser outro motivador, já que a empresa precisa ser mais rápida e eficiente que o concorrente para ganhar competitividade. A implementação da metodologia DevOps com a ferramenta de automação Cerberon é uma boa solução para as empresas startups, por exemplo, pois têm métodos ágeis em seu DNA e a necessidade de crescimento rápido.

Como o Cerberon + DevOps tornam a entrega de software mais eficiente?

Basicamente, o Cerberon pode atuar como um orquestrador das atividades no DevOps, interagindo e simplificando todas as etapas e atender as necessidades mais específicas da metodologia. A ferramenta é tão intuitiva e de fácil compreensão, que até um profissional com pouco conhecimento técnico consegue operá-la sem problemas.

Em comparação com os modelos de TI tradicionais (equipes separadas e ferramentas distintas), as funções de automatização de tarefas do Cerberon permitem que o DevOps acelere o ciclo de produção e entrega, sendo até 30 vezes mais rápido que antes. Assim, o cliente fica mais satisfeito com as novas funcionalidades e atualizações sendo incorporadas com maior frequência, e a empresa desenvolve uma fonte de receita recorrente.

A cultura DevOps é fundamental para as empresas de TI que buscam atualização e ganho de força competitiva, mas é preciso contar com a ferramenta certa para ter sucesso na implementação. Afinal, a automatização de entrega de software é o que fará a grande diferença!

Vamos começar? Entre em contato com a GAEA agora mesmo e veja como utilizar o Cerberon!

2018-04-10T19:17:21+00:00 0 Comments