Entre os desenvolvedores, o conceito de Open Source sempre foi muito bem-aceito, sendo que vários profissionais colaboram para projetos desse tipo. Contudo, algumas empresas ainda não têm confiança em utilizar essas soluções.

Esse tipo de mentalidade, fechada para o software Open Source, vem mudando nos últimos anos, pois boa parte das melhores ferramentas DevOps do mercado são de licença livre.

Neste post, queremos mostrar para você que o Open Source é uma ótima alternativa para o DevOps, trazendo vários benefícios para o desenvolvimento de software. Continue conosco e confira!

Importância do Open Source para o DevOps

Mesmo que seja um conceito batido, é preciso entender o que é uma tecnologia Open Source. Basicamente, existem vários tipos de licença de software no mercado hoje, inclusive as chamadas “livres”. Esses softwares podem ter sido criados por uma comunidade ou por uma empresa, que mantém o código aberto para que possam ser feitas modificações, conforme a necessidade do usuário.

Ao mesmo tempo, não há a necessidade de se pagar pelo uso da ferramenta, sendo que ela é uma tecnologia livre. Também é possível realizar alterações no código para adicionar ou retirar funcionalidades. Dessa forma, os desenvolvedores podem ter um total controle sobre a ferramenta e suas customizações, criando algo especialmente desenvolvido para as suas demandas.

Quando falamos em desenvolvimento ágil de software, DevOps, a possibilidade de acelerar esse processo fazendo o uso de softwares Open Source é enorme, pois pode-se moldar todo o processo conforme a demanda do desenvolvedor. Por conta disso, as ferramentas Open Source são tão importantes no conceito de DevOps, já que permitem acelerar ainda mais o desenvolvimento ágil.

Benefícios do Open Source no DevOps

Reunimos alguns pontos que tornam o software Open Source uma boa alternativa para empresas e desenvolvedores que fazem uso de DevOps em seu dia a dia.

1. Processos simplificados

O processo de desenvolvimento de software, por si só, é algo extremamente complexo. Quando pensamos em todas as atividades que cercam esse trabalho, como a gestão de um ambiente de testes, publicação para produção, entre outros, a complexidade tende a aumentar. Contar com ferramentas Open Source para realizar diversas dessas atividades pode ser uma saída para otimizar todos os processos envolvidos no desenvolvimento de software, ao mesmo tempo em que se simplifica tudo isso.

2. Facilidade de gerenciamento

Mesmo que algumas pessoas tenham a sensação de que Open Source não é algo tão bom quanto ferramentas pagas, a verdade é que, alguns softwares geridos pela comunidade são tão eficientes que não há alternativas privadas. Como trata-se de uma construção coletiva, mantida por uma comunidade de usuários, essas ferramentas evoluem de forma a trazer uma melhoria contínua no gerenciamento.

3. Alta disponibilidade

As ferramentas Open Source são muito mais robustas que muitas versões corporativas, uma vez que existe um número muito maior de pessoas envolvidas no seu desenvolvimento e evolução. Dessa forma, ao utilizar-se desse modelo de ferramenta, o desenvolvedor poderá contar com uma alta disponibilidade, ou seja, dificilmente encontrará erros ou problemas de execução, já que o software é mantido em constante atualização pela comunidade que o desenvolve.

4. Redução de custos

Um software Open Source pode representar uma grande redução de custos para uma empresa, pois não há necessidade de compra da ferramenta. No máximo, será necessário contratar pontualmente uma empresa especializada para realizar ajustes e customizações no software. Além disso, todas as atualizações também são livres, sendo que não é necessário adquirir novas licenças — basta baixar uma nova versão do sistema.

5. Personalização

Por último, temos de citar uma das principais vantagens das ferramentas Open Source para o DevOps: a personalização, seja de layout, seja de funcionalidades, que pode ser feita de acordo com as necessidades do programador ou da empresa. Isso permite que o desenvolvedor adéque, da melhor forma possível, a ferramenta às suas demandas diárias, acelerando o processo de DevOps e garantindo melhores resultados sempre.

Dicas de ferramentas Open Source no DevOps

Existem várias ferramentas Open Source utilizadas dentro do contexto de DevOps hoje. Porém, algumas são mais famosas devido à disseminação dentre os desenvolvedores. Veja algumas das melhores soluções do mercado.

Git

Presente na grande maioria dos projetos, o Git é uma das principais ferramentas quando falamos em controle de versões de aplicação. Ele permite um gerenciamento completo do trabalho de cada desenvolvedor envolvido no projeto, de forma individual e evitando erros.

Docker

O Docker é uma plataforma desenvolvida em Go — linguagem de programação criada pelo Google, que tem como objetivo administrar ambientes isolados. Ele pode empacotar uma aplicação em um contêiner, permitindo o envio desse sistema para qualquer outro host no qual esteja instalado o Docker. Isso também é possível com ambientes, tornando tudo portável e reduzindo drasticamente o tempo de deploy.

Kubernetes

O Kubernetes é uma ferramenta desenvolvida pelo Google e lançada como Open Source pela empresa. Esse software realiza o gerenciamento de clusters de contêineres. Sua principal vantagem é eliminar boa parte dos processos manuais na hora da implantação ou escalonamento de aplicativos em contêineres. Isso permite o agrupamento de clusters Linux em clouds públicas, privadas ou híbridas, de forma simples e rápida.

Helm

Como desenvolvedor de software, você já deve ter utilizado algum gerenciador de pacotes para facilitar o processo de desenvolvimento como o apt-get do Linux — responsável por atualizações e instalações. O Helm tem a mesma função que esses gerenciadores de pacotes, porém, ele foi criado para a utilização dentro do ambiente do Kubernetes, facilitando ainda mais a criação de contêineres.

Jenkins

O Jenkins é uma ferramenta escrita em Java para facilitar um dos principais aspectos do DevOps, a entrega contínua. Ele é utilizado para criar e testar projetos de software continuamente, facilitando a integração e a alteração de código em produção. As ferramentas Open Source são de suma importância no mundo DevOps, sendo que algumas soluções são tão boas que não existem versões privadas. Por conta disso, é praticamente impossível hoje desvencilhar os dois conceitos.

A GAEA é uma empresa especializada em consultoria DevOps e pode ajudar você a entender quais as melhores ferramentas Open Source para uso no desenvolvimento de software dentro de suas demandas. Entre em contato conosco agora mesmo!