Na atualidade, a sua empresa tem a opção de substituir enormes hardwares pelo armazenamento de todas as informações do negócio na nuvem. Ou seja, é possível alocar todos os dados em servidores de internet, evitando, com isso, a necessidade de equipamentos de armazenamento de hardware e podendo acessá-los de qualquer lugar, sempre que necessário.

Apesar de apresentar uma série de vantagens para a empresa, o armazenamento em nuvem gera questões relacionadas à segurança. Afinal, para garantir a longevidade e sucesso do negócio, é importante garantir que todas as informações da organização estejam armazenadas em um ambiente seguro, evitando vazamento de dados sigilosos.

Quer saber quais são as melhores estratégias de segurança na nuvem para 2019? Então, continue a leitura e descubra tudo sobre o assunto!

As vantagens de utilizar a nuvem

Antes de entender como garantir a segurança na nuvem, é importante que você saiba quais são as vantagens de adotar essa ferramenta na sua empresa. Descubra agora as principais delas!

Reduz os custos de infraestrutura de TI

À medida que a sua empresa cresce, aumenta também a demanda por estruturas de TI para armazenar e gerenciar os dados e ferramentas utilizadas no negócio. Tudo isso gera uma série de custos para a empresa, incluindo uma equipe responsável apenas pela infraestrutura e o gasto com novos e modernos equipamentos, com capacidade para armazenar a grande quantidade de dados e rodar todas as aplicações.

Quando você opta pela nuvem, esses custos são reduzidos. Isso porque essa ferramenta dispensa o investimento em estruturas de armazenamento físico de dados, evitando esse gasto e garantindo que a sua empresa possa crescer sem a necessidade de investir em tantos recursos na estrutura de TI do negócio.

Facilita o acesso a dados e ferramentas

Utilizar a nuvem também facilita o acesso a dados e ferramentas utilizados pela sua equipe, porque tudo fica armazenado em um servidor e não em estruturas físicas de TI. Isso significa que você é capaz de acessar e utilizar todas as funcionalidades de qualquer lugar, desde que tenha acesso à internet. Além disso, algumas ainda oferecem a opção de acessar essas informações de maneira offline, armazenando as alterações realizadas até que você tenha acesso à internet novamente.

Dessa forma, você ganha em praticidade e agilidade na hora de realizar as atividades da empresa. Além disso, caso surjam problemas urgentes relacionados ao negócio, é possível resolvê-los de qualquer lugar, sem a necessidade de se deslocar até a sede da empresa.

Permite a mobilidade da equipe

Uma realidade que vem ganhando cada vez mais espaço na atualidade é a mobilidade de colaboradores. Ou seja, muitas empresas optam por instituir o home office como forma de economizar recursos e aumentar a qualidade de vida dos colaboradores. Além disso, ainda abrem a possibilidade de contar com os melhores talentos do mercado, mesmo que eles morem em cidades distantes da sede da empresa.

Uma das funcionalidades que permitem esse avanço é a computação em nuvem. Ela possibilita que todas as informações e ferramentas da empresa fiquem disponíveis para serem utilizadas em qualquer lugar. Dessa forma, o colaborador pode trabalhar no local de sua preferência, sem a necessidade de se deslocar para realizar as atividades ou consultar os dados. Além disso, tudo é atualizado em tempo real, facilitando a gestão do trabalho da equipe como um todo.

Gera sustentabilidade

A sustentabilidade é uma demanda importante da atualidade. Afinal, a preocupação com a preservação do meio ambiente é essencial para melhorar a imagem da sua marca perante o mercado e contribuir para a sociedade como um todo. Por não exigir uma série de equipamentos e infraestrutura própria, a computação em nuvem se mostra como uma grande aliada nesse aspecto. Ela reduz também a necessidade de outros recursos, como papel, uma vez que todas as informações e dados da organização ficam disponíveis em um servidor.

Aumenta a segurança dos dados

A sua empresa gera uma série de informações importantes para a realização das atividades dentro do negócio. Além disso, alguns dados são sigilosos e só devem ser disponibilizados a pessoas autorizadas. É aí que entra a computação em nuvem como uma grande aliada da segurança das informações. Isso porque, em primeiro lugar, essa ferramenta evita que erro humano ou acidentes façam com que os dados e aplicações da empresa sejam deletados. Esses serviços também utilizam a criptografia e controlam o acesso de usuários às informações, aumentando a segurança dentro da empresa.

As preocupações com a segurança na nuvem

Diante de tantas vantagens, você pode sentir a necessidade de incorporar a nuvem à TI da sua empresa. Porém, antes de iniciar a transição, é essencial entender qual a importância de garantir a segurança na nuvem.

Uma pesquisa realizada pela McAfee descobriu que 21% dos dados em nuvem são confidenciais e 43% dessas informações estão compartilhadas com outros usuários. Elas incluem dados de e-mails, informações pessoais e sobre a saúde de pacientes e colaboradores e sobre as finanças da empresa, por exemplo. Dessa forma, caso caiam em mãos erradas, podem gerar processos judiciais, prejuízos para o negócio e ainda afetar a imagem da organização perante o mercado.

Apesar de se mostrar bem mais segura do que o armazenamento físico, o armazenamento em nuvem ainda apresenta riscos, como o ataque de hackers ou vírus. É por isso que é tão importante que você entenda quais são as melhores estratégias de segurança na nuvem, de forma a aumentar a proteção das suas informações e ferramentas.

As estratégias de segurança na nuvem para 2019

Agora que você já sabe todas as vantagens que a nuvem oferece para a sua empresa, é importante entender como garantir a segurança antes de migrar o datacenter da sua empresa para essa funcionalidade. Isso porque, apesar de ser uma ferramenta segura, a nuvem também pode estar sujeita aos ataques de hackers e vírus, o que traz uma série de prejuízos para o seu negócio.

Descubra agora algumas estratégias essenciais para adotar em 2019!

Entenda as necessidades do seu negócio

Em primeiro lugar, para que a transição para o armazenamento em nuvem seja realizada de forma segura, é essencial que você conheça o seu negócio e entenda as necessidades da empresa em relação à ferramenta. Por isso, inicie o processo com um diagnóstico profundo dos dados e aplicações utilizados pela organização, assim como do setor de TI como um todo.

A partir disso, é possível que você entenda quais são os principais problemas e gargalos relacionados à segurança da informação da sua empresa. Além disso, é possível identificar aqueles dados mais importantes, assim como as informações necessárias para as atividades de cada uma das áreas. Esse diagnóstico deve ser documentado e servir como uma diretriz para todas as outras estratégias de implementação da computação em nuvem na sua empresa.

Escolha um provedor de qualidade

Existem diversos provedores de computação em nuvem que podem ser utilizados pela sua empresa, tanto gratuitos quanto privados. Portanto, é essencial que você entenda o funcionamento e as características de cada um deles a fim de escolher o melhor para o seu negócio. Comece buscando informações gerais sobre cada provedor. Você pode conversar com quem já utiliza cada um deles para entender mais sobre o funcionamento da ferramenta na prática.

Também leia sobre as políticas de segurança utilizadas por cada um e entenda quais são as funcionalidades que vão garantir a segurança dos dados e informações da sua empresa. Existem servidores que investem em criptografia, controle de acessos, entre outras estratégias essenciais para assegurar que a sua empresa esteja protegida. Por fim, cruze as informações levantadas sobre cada um dos servidores com os dados relacionados às necessidades da sua empresa, de forma a identificar aquele que melhor se molda ao que o seu negócio precisa.

Segregue os dados

Nem todos os colaboradores precisam ter acesso a todas as informações sobre o negócio. Ou seja, algumas áreas utilizam apenas parte dos dados e funcionalidades, enquanto outras precisam acessar informações diferentes para realizar as atividades diárias. Portanto, uma forma de aumentar a segurança na nuvem é segregar os dados de acordo com o tipo e com as áreas que geram e os utilizam diariamente. Desse modo, é possível disponibilizar as informações apenas para aqueles profissionais que efetivamente precisam utilizá-las.

Controle o acesso às informações

Quando se fala em segurança na nuvem, é essencial controlar o acesso às informações da empresa por meio de usuários e senhas. Sendo assim, após segregar os dados e ferramentas da empresa, crie um login para cada um dos colaboradores do negócio. Instrua a equipe a criar uma senha complexa, de forma a evitar a ação de hackers e invista em disponibilizar o acesso de cada um dos colaboradores apenas às informações necessárias para a realização das atividades.

Assim, você aumenta a segurança na nuvem, uma vez que evita que todos tenham acesso à totalidade dos dados da empresa. Além disso, com o controle dos acessos, apenas os colaboradores do negócio conseguem entrar na nuvem da empresa.

Crie uma política de segurança para a empresa

Os colaboradores devem ser os maiores aliados na hora de garantir a segurança na nuvem. Portanto, é essencial que você crie uma política de boas práticas, clara e completa, de forma a instruir a equipe sobre a melhor forma de utilizar essa ferramenta no dia a dia das atividades do negócio. Assim sendo, defina as práticas indicadas para a equipe e realize treinamentos e capacitações de forma a divulgar essa política e motivar os colaboradores a seguirem. Além disso, é essencial que você crie toda uma cultura de segurança na empresa, incorporando essas ações aos valores e rotina de atividades do negócio.

Aplique o DevOps

O DevOps é um conjunto de boas práticas que alia o time de desenvolvimento ao time de operações no setor de TI das empresas. Ele vem ganhando cada vez mais visibilidade, uma vez que permite mais e melhores resultados para a empresa como um todo. Entre as práticas dessa metodologia, está a segurança das informações. Portanto, o DevOps atua como um grande aliado da segurança na nuvem da sua empresa — sem contar todas as outras vantagens que ele pode trazer para a empresa.

Então, invista na capacitação dos profissionais de TI para DevOps, criando uma cultura na área em torno dessa metodologia. A partir disso, implemente o DevOps na empresa de forma a garantir tanto a segurança na nuvem quanto a melhoria dos resultados do time de TI da empresa.

Invista em atualizações constantes

Como você já sabe, a tecnologia está em constante evolução. E, com ela, as metodologias e práticas de segurança na nuvem. Portanto, para garantir esse elemento na sua empresa, é essencial que você invista em atualizações constantes do servidor utilizado, assim como em aplicativos e ferramentas relacionadas à computação em nuvem. Ou seja, a partir do momento que você implementar a ferramenta na sua empresa, busque sempre por soluções mais seguras e considere a atualização do servidor utilizado, de forma a garantir que as suas informações estejam sempre protegidas.

Os desafios da segurança na nuvem

Garantir a segurança na nuvem é essencial para uma boa gestão dessa ferramenta. Porém, também é importante entender quais são os desafios e a melhor forma de superá-los, a fim de garantir o sucesso da atualização da empresa.

Quer saber quais são os desafios? Abaixo, listamos 5 deles.

Engajamento dos colaboradores

Um dos maiores desafios da segurança na nuvem está relacionado ao engajamento dos colaboradores nas políticas da empresa. Isso porque, caso a equipe não esteja disposta a colaborar com a proteção das informações e ferramentas do negócio, há o risco de ataques por vírus ou hackers. Portanto, é importante que você capacite os colaboradores na política de segurança utilizada pelo negócio. Toda a cultura da empresa deve girar em torno disso, o que aumenta os níveis de engajamento da equipe como um todo.

Infraestrutura de TI

Para garantir a segurança na nuvem também é importante contar com uma infraestrutura de TI adequada e alinhada às necessidades da sua empresa. Desse modo, esse é um outro desafio da área, uma vez que pode ser necessário realizar investimentos no setor e instruir os membros do time a utilizarem a nova estrutura de forma adequada. Assim, identifique os principais riscos da empresa em relação à utilização da nuvem. A partir disso, busque soluções de infraestrutura adequadas e não hesite em investir nesse aspecto. Por fim, capacite a equipe para que ela utilize as novas ferramentas e equipamentos de maneira adequada.

Migração para a nuvem

O momento da migração dos dados e aplicações armazenados no hardware físico da empresa para a nuvem é extremamente delicado. Isso porque pode existir uma grande quantidade de dados importantes para o negócio e é preciso garantir que nada será perdido ou corrompido durante o processo.

Para enfrentar esse obstáculo é importante planejar muito bem todo o processo de migração. Você deve prever riscos e obstáculos ao longo da transição e criar um cronograma com as fases e ações de cada uma. Nesse momento, é importante entender que a migração é um processo que pode ser lento, dependendo do tamanho da sua empresa, e é preciso ter paciência.

Cláusulas do contrato com o fornecedor

Para garantir a segurança para a nuvem é essencial ter muita atenção para as cláusulas do contrato assinado com o fornecedor. Dependendo do tipo de relação estabelecida, é possível que ele migre de servidor sem notificar a sua empresa ou aumente o valor da manutenção ao longo do tempo, por exemplo. Tudo isso coloca as informações da sua empresa em risco.

Portanto, busque muitas informações sobre o fornecedor escolhido, principalmente com pessoas que já assinaram um contrato com ele. Pesquise sobre a reputação e leia o contrato com muita atenção. A partir disso, discuta as cláusulas de acordo com as necessidades da sua empresa e busque sempre por fornecedores de qualidade e que prezam pela transparência.

Licenciamento dos softwares utilizados

Um outro desafio relacionado à segurança na nuvem é o licenciamento dos softwares e das aplicações utilizado pelo fornecedor. Muitos fornecedores desenvolvem softwares muito rapidamente e acabam disponibilizando-os para as empresas antes de estarem totalmente protegidos e validados. Portanto, busque informações sobre o licenciamento de todas as aplicações utilizadas, principalmente quando você fecha algum pacote que inclui mais de um software. Dessa forma, você garante que a aplicação já foi testada, validada e que é segura, evitando uma série de riscos para os dados da sua empresa.

As soluções e tendências de segurança para os próximos anos

As soluções em segurança na nuvem estão em constante evolução, assim como a tecnologia de forma geral. Para sair na frente e garantir que os seus dados fiquem protegidos, é essencial entender quais são as principais tendências do setor para os próximos anos.

Continue a leitura e entenda agora algumas delas!

Bloquear o acesso a programas desconhecidos

Pesquisas mostram que 75% dos problemas de segurança vêm de ataques de aplicativos Web. Portanto, uma das melhores soluções em segurança na nuvem está relacionada ao bloqueio do acesso a qualquer programa desconhecido. Dessa forma, é possível identificar e combater as ameaças antes que elas causem maiores danos à sua empresa.

Criptografia de dados

Outra solução que se apresenta como uma tendência para os próximos anos é a criptografia de dados. Ou seja, é possível transformar qualquer arquivo em uma série de códigos indecifráveis, que só podem ser descodificados com a autorização do dono da informação.

Essa solução vem ganhando espaço em diversos setores da TI e, por isso, está cada vez mais fácil criptografar dados. Além disso, existem serviços de nuvem que já oferecem essa opção automaticamente, criptografando tudo que está armazenado e revertendo esse processo apenas quando o administrador ou demais pessoas autorizadas acessam a ferramenta. Dessa forma, você protege documentos e informações sigilosas da sua empresa, potencializando a segurança dos dados.

Avaliação de riscos

Outra forma de investir na segurança das informações da sua empresa é realizar uma avaliação minuciosa de todos os riscos aos quais a sua organização está sujeita quando migra para a nuvem. Ou seja, é importante que você realize um diagnóstico do processo, de forma a entender quais são as principais ameaças do negócio e minimizá-las ou, até mesmo, neutralizá-las.

Portanto, faça um diagnóstico completo para entender os principais problemas e, a partir disso, crie planos de ação de forma a minimizar os riscos ao máximo. Por fim, é importante realizar novas avaliações periodicamente e acompanhar os indicadores a fim de entender se novos riscos surgiram e se as ações propostas estão gerando os resultados esperados.

Restrição de acessos

Por fim, uma outra tendência quando se fala em soluções para a segurança na nuvem é a restrição de acessos. Como você já sabe, a maioria dos arquivos confidenciais armazenados em nuvem na atualidade está compartilhado com outros usuários. E, quanto mais pessoas tiverem acesso a essas informações, maior é o risco.

Portanto, avalie a real necessidade de cada um dos usuários de acessar os dados e aplicabilidades em nuvem da sua empresa. A partir disso, restrinja o acesso apenas àquelas pessoas que realmente precisam, utilizando login e senha. A maioria dos servidores permite que você faça isso da forma como desejar, o que aumenta a qualidade e facilita bastante o processo.

A utilização da computação em nuvem é uma tendência entre as empresas na atualidade. Ela traz uma série de vantagens para a sua organização, que ganha em agilidade, praticidade e competitividade perante o mercado. No entanto, todo o processo deve ser realizado com cuidado, de forma a garantir a segurança na nuvem e proteger as informações e ferramentas utilizadas pela sua empresa.

Com este artigo, você está pronto para começar a utilizar a nuvem e garantir os melhores resultados para o seu negócio! E o melhor: com segurança.

Gostou de se informar sobre as estratégias de segurança na nuvem? Então, aproveite e assine a nossa newsletter! Dessa forma, você fica sempre por dentro de todas as atualizações do nosso blog e recebe mais conteúdos relevantes diretamente no seu e-mail!