DBaaS — Banco de Dados Híbridos: por que ter na minha empresa?

Uma das principais inovações do ramo da Tecnologia da Informação são os sistemas em nuvem. Entender seu funcionamento é primordial para qualquer profissional desse mercado. Você sabia que um DBaaS pode ajudá-lo nesse processo?

Assim como outros aaS (as a Service), o DBaaS é um Banco de Dados Híbridos (ou Data Base as a Service). Esse tipo de serviço está sendo empregado em várias empresas, gerando benefícios e facilitando a atuação dos profissionais.

Não podemos deixar de mencionar que o futuro da TI é híbrido. Em outras palavras, é possível afirmar que a maioria das empresas migrará para a nuvem, o que aumentará a importância de uma base de dados online.

A grande dúvida que fica é: você sabe por que ter Banco de Dados Híbridos em sua empresa? Não? Então continue a leitura deste artigo e descubra!

Afinal, o que é DBaaS?

Como já destacado, DBaaS é a tradução de Data Base as a Service (Banco de Dados como serviço). Ele é baseado em sistemas de nuvem, oferecendo aos usuários plataformas que são flexíveis, escalonadas e, principalmente, sob demanda.

Podemos afirmar que o software permite, ainda, que os usuários gerenciem, consumam, operem e configurem os bancos de dados por meio de conjuntos de abstrações, sem conhecer e se importar com as implementações dessas abstrações.

Um grande diferencial do DBaaS é o autoatendimento, que permite fácil gerenciamento e uso das ferramentas. A sua diferença para outros sistemas em nuvem é o acréscimo do banco de dados como funcionalidade. Esse tipo de serviço é capaz de aumentar a produtividade e o desempenho de empresas, além de garantir a padronização e a segurança dos dados.

Como um Banco de Dados Híbridos pode aumentar os negócios da empresa?

Um dos pontos mais importantes em relação a um Banco de Dados Híbridos é a capacidade de aumentar os negócios da empresa. A flexibilidade permite que as companhias possam reagir rapidamente às necessidades de mudança impostas pelo mercado.

Assim, haverá certeza de que elas estão operando nos níveis necessários e estarão aptas a aproveitar qualquer situação. Caso o momento seja crítico, a flexibilidade também é de grande valia: é possível retornar ao tamanho original, evitando prejuízos e outras perdas.

Assim, podemos afirmar que alguns gestores de TI estão considerando o cloud computing e o DBaaS como recursos interessantes para modernizar, automatizar e transformar os data centers. Dessa forma, os drivers podem ser endereçados de acordo com a virtualização, padronização, automação, monitoramento e medição.

Quais são os benefícios de investir em um DBaaS?

Além da flexibilidade, existem outros benefícios do investimento em um Banco de Dados Híbridos. É importante deixar claro que a maioria das equipes de TI não tem tempo suficiente para gerenciar os bancos de dados, o que pode prejudicar o andamento das atividades da empresa.

Investir em um DBaaS representará muito mais que o gerenciamento do banco de dados. Será possível reduzir custos operacionais, otimizar processos internos, garantir uma escalabilidade automática, entre outras vantagens. Veja mais:

Reduzir custos operacionais

A redução de custos operacionais é um dos primeiros benefícios de se investir em Banco de Dados Híbridos. A compra ou o desenvolvimento de softwares e hardwares, por exemplo, são despesas altíssimas e, muitas vezes, inviáveis para pequenas empresas.

Já as funcionalidades de um DBaaS possibilitam que as empresas, independentemente do seu tamanho, invistam nos recursos que realmente precisam. Assim, o gestor se preocupará apenas com a contratação dos profissionais.

Além disso, não podemos deixar de mencionar que essa solução traz uma equipe de especialistas em assuntos diversos, como segurança, implantação, manutenção e backup. Vale a pena conhecer, não é mesmo?

Otimizar processos internos

Apostar em um DBaaS também significa terceirizar a administração e o monitoramento do banco de dados. Ações como backups, recuperações, ajustes, correção, atualização e criação serão realizadas por processos automatizados ou por outras pessoas.

Sendo assim, torna-se possível otimizar os recursos, garantindo que os profissionais se preocupem apenas com suas tarefas e deixem questões secundárias de lado. Portanto, quando o negócio demandar novas funcionalidades ou expansão da capacidade de processamento, o DBaaS terá uma resposta na medida certa.

Garantir escalabilidade automática

A utilização de Banco de Dados Híbridos também permite uma escalabilidade automática. Empresas que não utilizam esse tipo de recurso precisam adicionar hardwares, liberar espaço, comprar novos equipamentos e solicitar que a equipe de TI os instale e integre aos hardwares existentes. O DBaaS faz tudo isso com uma simples ordem de expansão.

É importante lembrar que a escalabilidade nada mais é do que a capacidade de aumentar os recursos tecnológicos que são armazenados na nuvem. Assim, quando novas funcionalidades se tornam necessárias, é preciso contar com a escalabilidade de recursos, aumentando a capacidade de processamento de dados e de memória sem a necessidade de investir em um novo sistema.

Ganhar elasticidade

O conceito de elasticidade se mistura com o de escalabilidade. Contudo, pode-se afirmar que uma infraestrutura de TI elástica é aquela na qual se pode aumentar ou reduzir a quantidade de recursos disponíveis facilmente, sem grandes preocupações.

Sempre que houver pico ou baixa na demanda, as ferramentas serão automaticamente modificadas, ajustando a quantidade de recursos às necessidades do empreendimento. Assim, o gestor de TI não precisará se preocupar com esse tipo de problema, focando toda sua atenção no que realmente importa e aumentando sua produtividade.

Como implementar o DBaaS na organização?

A implementação do Banco de Dados Híbridos exige mudanças nos processos de TI. Novos modelos de serviços e novas tecnologias também deverão ser adotados, afinal, a empresa precisa aprender a pensar e, principalmente, agir de maneira diferente.

A equipe técnica deve ser preparada para tal, assim como os clientes internos e externos. Todos devem estar cientes das mudanças, principalmente por conta das interferências que elas podem ocasionar no início das operações.

Lembre-se: é fundamental projetar o DBaaS focando nas necessidades dos seus clientes. Dessa forma, também será necessário rever os processos de governança empresarial e determinar como eles serão impactados.

Um questionamento que deve ser feito é: “estou pronto para atender de forma automática todas as solicitações de TI e, ainda, garantir um bom desempenho, excelentes níveis de segurança, monitoramento e toda conformidade necessária?” Pense nisso antes de escolher a tecnologia.

O uso de Banco de Dados Híbridos é uma tendência para o futuro. Os benefícios do uso dessa alternativa farão com que várias empresas apostem e melhorem os resultados do seu negócio. Não perca essa oportunidade e modernize o seu modo de atuação.

E aí, gostou do nosso artigo? O que achou das informações que disponibilizamos sobre Banco de Dados Híbridos? Ficou com alguma dúvida? Já usou essa funcionalidade? Deixe um comentário e participe do nosso blog. Estamos te esperando!

2018-06-14T14:29:25+00:00 0 Comments