Soluções em TI: 7 razões para investir

Muitos líderes e gestores de TI buscam formas de tornar o seu trabalho mais eficaz. Nesse cenário, a tecnologia desempenha um papel crítico nas tentativas de tornar negócios mais econômicos e lucrativos.

Atualmente, as soluções disponíveis no mercado permitem que empresas busquem novas formas de trabalho, mais modernas e flexíveis. Elas estão mudando toda a estrutura interna de diversos locais, dando a possibilidade para líderes empresariais adotarem abordagens mais modernas e ousadas.

Quer saber mais? Então leia o nosso texto de hoje e conheça algumas soluções que são, por si só, razões para você investir nelas!

Como a tecnologia pode melhorar a minha empresa?

Os serviços e soluções de TI jamais foram tão importantes para empresas que buscam formas de trabalho mais eficazes e produtivas. Por meio de soluções como o cloud computing, é possível reduzir custos, aumentar a produtividade e a mobilidade de todos os profissionais envolvidos nos projetos de um negócio. Como consequência, a corporação passa a ter produtos de maior qualidade e a atingir um mercado consumidor cada vez maior.

7 soluções em TI corporativa que você pode adotar

Os últimos anos foram marcados pelo aumento das soluções para empresas que pretendem utilizar a tecnologia como um vetor de mudanças dentro do ambiente corporativo. Nesse cenário, podemos destacar como principais opções, políticas e ferramentas como:

Outsourcing de TI

O outsourcing de TI estabeleceu-se como uma solução de gerenciamento de recursos digitais mais barata, flexível e de alto valor agregado para várias companhias. Ao terceirizar a gestão de TI da companhia, líderes empresariais podem focar em projetos importantes, aumentando a capacidade da empresa. Entre os principais benefícios da terceirização de operações de TI, podemos destacar:

Menor custo de contratação

O custo de efetuar a contratação direta de profissionais de TI muitas vezes pode diminuir a capacidade de uma empresa manter um grande time de profissionais dentro do ambiente corporativo. Nesse sentido, a terceirização permite que a empresa tenha uma gestão financeira mais precisa, pagando apenas pela quantidade de profissionais que precisa para a realização de projetos e outras iniciativas.

Mais flexibilidade

Uma das maiores vantagens do outsourcing de TI é a sua flexibilidade. Ao optar por esse modelo, a empresa pode modificar o número de pessoas que atuará dentro do ambiente corporativo caso seja for necessário. Sempre que um novo projeto for executado, por exemplo, basta redimensionar o tamanho da equipe de TI, o que melhora os gastos da empresa com recursos humanos.

Acesso aos profissionais mais bem qualificados do mercado

Não é preciso ler uma grande pilha de currículos para saber que, apesar do grande número de profissionais de TI disponíveis no mercado, ainda é difícil encontrar pessoas bem preparadas. Nesse sentido, o outsourcing de TI permite que a empresa entre em contato com alto conhecimento técnico, sem que as burocracias tradicionais da contratação direta façam parte do processo.

Consultoria

Os serviços de consultoria são ideais para quem busca recursos de TI mais eficazes sem precisar criar um setor dedicado a formulação de políticas e rotinas de TI. O consultor é um profissional que vai dialogar com pessoas de todas as áreas de empresa. Utilizando de rotinas e práticas que buscam capturar o máximo de informações possíveis sobre os processos internos da empresa, ele será capaz de criar novos modelos operacionais, com mais qualidade e um custo de execução menor.

Cloud computing

Uma das principais tendências em TI dos últimos anos, o cloud computing permite a expansão da capacidade de tecnológica de uma empresa com baixo custo e alta segurança. A execução de serviços e ferramentas diversas em servidores remotos já faz parte da realidade de várias pessoas. Por meio delas, é possível ter acesso a sistemas complexos de gestão, ferramentas de backup, plataformas de armazenamento remoto e softwares de produtividade por um baixo custo.

A computação na nuvem destaca-se pelo seu baixo custo e a sua alta escalabilidade. Para ampliar — ou reduzir — o nível dos recursos contratados, bastam alguns cliques. Isso melhora o gasto da empresa com tecnologia, ao mesmo tempo que facilita a contratação de ferramentas por negócios de pequeno e médio porte. Disponível em modelos híbridos, públicos ou privados, você poderá encontrar facilmente um modelo operacional que se adapte ao perfil da sua empresa.

Big Data

A análise de dados tornou-se uma das principais estratégias de empresas que buscam em ambientes digitais a fonte para a criação de rotinas de trabalho de maior sucesso. Por meio de big data, companhias podem classificar, processar e avaliar registros digitais de redes sociais, planilhas e sensores internos.

As consequências são inúmeras. Prever tendências de mercado passa a ser mais simples. Avaliar o comportamento do público-alvo e a recepção de um novo produto pode ser feito com um custo menor. Além disso, gestores e líderes conseguem obter insights facilmente, modificando as suas abordagens de mercado por medidas que tenham maior aderência com os desejos do consumidor.

Aprendizado de máquina

A personalização de serviços de TI está modificando a forma como várias soluções e produtos se posicionam no mercado. Isso só foi possível graças ao aprendizado de máquina. Famoso por ser empregado por empresas como o Facebook, essa tecnologia emprega técnicas de inteligência artificial, redes neurais e cloud computing para personalizar serviços de acordo com os hábitos do usuário.

Também conhecido como machine learning, o aprendizado de máquina está começando a se popularizar no ambiente corporativo. Rastreando os hábitos dos usuários de uma plataforma, sistemas são capazes de identificar padrões e, assim, classificar conteúdos mais relevantes para uma pessoa. Esse é o caso de serviços de notícia que buscam automaticamente aquelas que são de interesse do leitor, criando um serviço com uma melhor experiência de uso.

Virtualização

A virtualização de ambientes computacionais ganhou um novo impulso nos últimos anos com a popularização da computação na nuvem. Ao levar as suas máquinas virtuais para ambientes remotos, empresas dão mais escalabilidade e controle para os seus recursos.

Companhias que trabalham com sistemas legados podem empregar a virtualização como uma forma de manter tais programas funcionando sem comprometer a segurança do usuário ou ter que lidar com sistemas operacionais antigos diretamente. Já as de desenvolvimento podem criar métodos de teste de software mais próximos da realidade do usuário, garantindo a maior eficácia de seus produtos.

DevOps

Empresas de desenvolvimento trabalham constantemente na busca por formas de trabalho que aumentem a integração de seus colaboradores e a sua produtividade. Nesse cenário, o DevOps tem se destacado como uma das principais culturas operacionais para companhias do setor.

O DevOps trata-se de uma política em que os times de desenvolvimento e operações são integrados. Criando-se um fluxo de trabalho contínuo, a empresa torna os seus processos de entrega de software mais ágeis e menos suscetíveis a erros. Isso não só aumenta a sua competitividade no mercado, mas também a qualidade de seus serviços.

Revolucionando a empresa por dentro

A tecnologia está mudando o mundo e, bem utilizada, pode mudar a sua empresa totalmente. Serviços de TI, ao serem totalmente integrados às estratégias comerciais de uma empresa, garantem a ela uma presença de mercado mais abrangente. Tudo isso ao mesmo tempo em que custos operacionais são reduzidos e profissionais tornam-se mais produtivos.

E ai, gostou do nosso texto? Então assine a nossa newsletter e receba em primeira mão as últimas novidades sobre o mundo da tecnologia empresarial!

2017-08-07T19:23:48+00:000 Comments